Família se reencontra com cão achado em ônibus após 5 anos

Pat Oates com o cachordo T-Bone ao lado do companheiro e do neto em frente ao ônibus no qual ele foi encontrado Direito de imagem Caters
Image caption Pat Oates (à esq.) disse que já tinha perdido as esperanças de reencontrar o cachorro T-Bone

Uma família da região de Birmingham, na Grã-Bretanha, se reencontrou com seu cachorro desaparecido havia cinco anos após o animal ser encontrado por acaso dentro de um ônibus urbano.

A faxineira Pat Oates, de 48 anos, e seus três filhos já haviam perdido as esperanças de reencontrar algum dia o cachorro da raça Staffordshire Bull Terrier, que sumiu do jardim de sua casa em setembro de 2006 durante um corte de energia.

A família espalhou dezenas de cartazes com a foto do cachorro batizado de T-Bone pelo bairro, mas nunca teve nenhum sinal de seu paradeiro.

Eles acreditavam que o animal havia sido roubado sob encomenda, para ser usado por gangues como cão de ataque.

Mas na semana passada Oates teve uma surpresa ao receber um telefonema para dizer que T-Bone havia sido encontrado pelo motorista de um ônibus urbano.

Chip

A identidade do animal foi descoberta graças a um chip implantado com suas informações.

"Ficamos maravilhados de tê-lo de volta, porque achávamos que o havíamos perdido para sempre", afirmou Oates ao jornal local Solihull News.

"Colocamos cartazes e fizemos apelos na imprensa, mas não tivemos nenhuma sorte com isso", disse.

Ela diz acreditar que o cão foi abandonado pelos novos donos após desenvolver um cisto na perna e problemas de audição.

Direito de imagem Caters
Image caption Tay, neto dos donos do cachorro, tinha apenas 4 anos quando T-Bone sumiu

Segundo ela, o fato de ele ter sido encontrado dentro de um ônibus não foi uma surpresa, porque ele sempre gostou de viajar.

"Ele sempre gostava de longas viagens e de ficar olhando a paisagem da janela", disse.

Atenções divididas

Após cinco anos distante de T-Bone, a família tenta recuperar o tempo perdido.

Um dos mais próximos do cachorro é Tay, neto do companheiro de Pat, Tony. O menino tinha apenas 4 anos quando o cachorro sumiu.

T-Bone tem sido mimado pelos donos, mas terá também que dividir suas atenções com outro animal na casa.

"Por coincidência, neste mês era o aniversário de 50 anos de meu companheiro e comprei para ele um filhote. Então, depois de tanto tempo sem ter nenhum cachorro em casa, agora de repente temos dois", contou Oates.

Notícias relacionadas