A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Casal de pandas chineses chega a zoológico escocês

Um casal de pandas chineses está se adaptando ao zoológico de Edimburgo, na Escócia, para onde foi transferido no início de dezembro.

Após uma semana, o macho Yang Guang, cujo nome significa "Raio de sol", saiu da jaula para conhecer os arredores.

Ele e a fêmea Tian Tian, nome que significa "Docinho", são as novas estrelas do zoológico escocês. Ambos têm acesso a sua própria caverna, seus próprios locais para exercitar-se e bambu à vontade.

Image caption O panda macho foi o primeiro a aparecer fora da jaula para reconhecer a nova moradia

Os dois pandas só se encontram para o acasalamento durante alguns dias no ano. Na maior parte do tempo, gostam de dormir e comer bambu. Yang Guang consome cerca de 30 quilos do vegetal todos os dias.

O zoológico gastará R$ 200 mil por ano com o bambu e R$ 1,7 milhão anualmente pelo empréstimo dos pandas, além dos R$ 1,4 milhão gastos na construção das jaulas.

Mas os administradores esperam que o custo seja compensado pelo número de visitantes, que pode dobrar já no primeiro ano.