A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Sul-africana morre pisoteada ao tentar inscrição em universidade

Direito de imagem AP
Image caption Alta taxa de desemprego coloca ainda mais pressão sobre jovens que querem entrar em uma universidade

Ao menos uma pessoa morreu pisoteada por uma multidão de estudantes que tentava se inscrever para uma lista e assim poder concorrer a uma vaga na Universidade de Joanesburgo, na África do Sul.

A vítima era a mãe de um aluno e, segundo os médicos, teve traumatismo craniano e ferimentos graves no tórax.

Mais de 180 mil jovens não conseguiram vaga nas universidades do país, de acordo com o jornal local Times.

Segundo o correspondente da BBC na África do Sul, Andrew Harding, as altas taxas de desemprego pressionam ainda mais os jovens a entrarem em uma faculdade.

A tragédia desta terça-feira começou logo após a universidade anunciar que ainda tinha vagas remanescentes em alguns cursos.

Jovens de todo o país foram à sede da instituição e as filas começaram a se formar ainda de madrugada.

O caos se intensificou quando os portões foram abertos, pela manhã, e muitos foram pisoteados.

A universidade disse que vai investigar o caso, mas que apesar da presença da polícia e dos seguranças no local, a multidão estava incontrolável.