Filhotes de foca separados de mães ganham 'creche' na Holanda

Atualizado em  18 de janeiro, 2012 - 11:22 (Brasília) 13:22 GMT

Filhotes de focas vítimas de tempestades ganham 'creche' na Holanda

  • (Foto: Zeehondencreche)
    Um centro dedicado ao cuidado de focas na Holanda tem recebido centenas de animais recentemente, após estes se perderem de suas mães em tempestades. (Foto: Zeehondencreche)
  • (Foto: Zeehondencreche)
    Os animais recebem cuidados básicos e são alimentados com peixes reforçados com vitaminas, que os ajudam a crescer mais depressa. (Foto: Zeehondencreche)
  • (Foto: Zeehondencreche)
    O centro diz que já está atendendo o 700º bebê de foca neste ano - além das vítimas da tempestades, há também animais machucados e outros com problemas pulmonares sendo tratados ali. (Foto: Zeehondencreche)
  • (Foto: Zeehondencreche)
    A maioria, porém, não está doente - apenas perdida. (Foto: Zeehondencreche)
  • (Foto: Zeehondencreche)
    O centro adaptou abrigos para receber o enorme número de focas e diz ter voluntários trabalhando 'noite e dia para criar espaço e cuidar dos animais'. (Foto: Zeehondencreche)
  • (Foto: Zeehondencreche)
    Depois de nutridas e recuperadas, as focas costumam ser devolvidas ao mar. Mas ali estarão sujeitas à poluição e à pesca predatória, motivos que podem fazer com que voltem ao centro de reabilitação no futuro. (Foto: Zeehondencreche)

Focas sob cuidado

Um centro de cuidados para focas na Holanda tem recebido centenas de animais nos últimos dias, vítimas de tempestades que os separam de suas mães.

O Centro de Reabilitação e Pesquisa de Focas, em Pieterburen, diz ter recebido nesta quarta-feira sua 700ª foca - "um triste recorde", diz o site da organização. "Por conta do mau tempo, muitos bebês de foca ficaram em situação difícil."

Além disso, o local tem recebido animais vítimas de um problema pulmonar causado por parasitas. Com tudo isso, teve de ampliar suas instalações, para alimentar e tratar dos animais.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.