A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Navio 'fantasma' à deriva desde tsunami é afundado a tiros de canhão

A guarda-costeira americana usou tiros de canhão para afundar um navio japonês que ficou à deriva após o tsunami de março do ano passado e foi parar no Alasca.

Direito de imagem AP

A embarcação era vista como um perigo para outros navios, já que não tinha tripulação, energia ou sistema de comunicações.

Segundo a guarda-costeira, após o afundamento houve apenas um pequeno vazamento de combustível e os destroços serão recolhidos do mar.

A costa americana deve receber ainda muitos destroços do tsunami no Japão, que estão levados para lá pelas correntes no Oceano Pacífico.