A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Londres 2012: Para organizador, 'um único idiota' pode prejudicar os Jogos

Um membro do comitê organizador dos Jogos Olímpicos deste ano admitiu que "um único idiota" seria capaz de prejudicar as competições esportivas, após uma tradicional disputa de remo no rio Tâmisa, em Londres, ser interrompida no final de semana por um manifestante que apareceu nadando na frente dos barcos.

A 158ª edição da competição anual de remo entre atletas das universidades de Oxford e de Cambridge foi paralisada por mais de meia hora no sábado por conta do incidente.

"Somente é necessário, e é provável que seja, um único idiota (para prejudicar os Jogos)", afirmou o presidente do Comitê Olímpico Britânico, Colin Moyniham.

"Por isso que todas as medidas de segurança devem ser estabelecidas para reduzir a chance de isso acontecer", observou.

"Nunca é possível remover completamente o risco, mas podemos fazer todo o possível para proteger os interesses dos atletas. Não dá para atingir a perfeição, a não ser que removêssemos toda a multidão, mas nunca sonharíamos em fazer isso", disse o dirigente.

'Desobediência civil'

Direito de imagem RTR
Image caption Trenton Oldfield, de 35 anos, havia anunciado protesto em um blog na internet

A disputa entre Oxford e Cambridge foi interrompida após os juízes avistarem um homem nadando em frente aos barcos.

Trenton Oldfield, de 35 anos, foi preso sob a acusação de perturbação da ordem pública.

Oldfield, que foi libertado sob fiança, havia colocado uma mensagem em um blog na internet prometendo causar "embaraço e confusão".

Na mensagem, intitulada "Elitismo leva à tirania", ele afirmou que seu ato era "um protesto, um ato de desobediência civil".

"Vou nadar até os barcos na esperança de que consiga impedi-los de completar a corrida", escreveu.