Alerta de tsunami é suspenso após causar pânico na Indonésia

Atualizado em  11 de abril, 2012 - 13:02 (Brasília) 16:02 GMT

Terremoto de magnitude 8,7 atinge costa da Indonésia

Tremor, perto da província de Aceh, gerou alerta de tsunami no Oceano Índico.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Autoridades na Indonésia suspenderam o alerta de tsunami emitido após dois grandes terremotos terem atingido a costa de Sumatra nesta quarta-feira, gerando pânico entre a população.

A agência geológica dos Estados Unidos (USGS), que registra tremores em todo o mundo, disse que as maiores ondas geradas pelo evento foram de menos de um metro de altura e também cancelou o alerta de tsunami que havia emitido.

O tremor de magnitude 8,7 - inicialmente sua força foi calculada como de magnitude 8,9 - teve epicentro a 495 quilômetros de Banda Aceh, a capital da província indonésia de Aceh, com uma profundidade de 33 quilômetros abaixo do nível do mar.

Um segundo terremoto, de magnitude 8,3, ocorreu pouco depois.

Os tremores foram sentidos até em Cingapura, Tailândia e Índia. Os três países também suspenderam seus alertas de tsunami horas depois de emiti-los.

Na Costa africana, o Quênia e a Tanzânia também emitiram seus alertas de tsunami.

Pânico

O terremoto causou pânico na região indonésia de Aceh, devastada pelo terremoto e tsunami de 2004 que causou a morte de mais de 200 mil pessoas.

Milhares de pessoas correram para terras mais altas logo após o tremor.

Ocorreram reações parecidas em outros locais atingidos no tsunami de 2004, como Tailândia, Sri Lanka e o sul da Índia.

Karishma Vaswani, correspondente da BBC na capital indonésia, Jacarta, disse que o tremor pôde ser sentido por até cinco minutos.

Não há relatos de vítimas ou danos materiais.

Autoridades em Aceh disseram que a luz foi cortada na região e se formaram congestionamento nas rotas de acesso aos locais mais altos.

Sutopo, um porta-voz do governo local, disse à agência de notícias Reuters que "se escutam sirenes e pessoas recitando o alcorão (livro sagrado muçulmano) em toda parte".

Horizontal

A Indonésia está em uma região conhecida como Anel de Fogo, área de grande atividade sísmica.

No entanto, o sismólogo Bruce Presgrave, da USGS, afirmou à BBC que a natureza do tremor na Indonésia tornaria menos provável a geração de um tsunami, já que a terra se moveu horizontalmente, não verticalmente, sem movimentar um grande volume de água.

"Não podemos descartar a possibilidade, mas com o movimento horizontal é menos provável a geração de um tsunami destrutivo", afirmou.

Um sismólogo do British Geological Survey, entidade sismográfica britânica, emitiu opinião parecida, afirmando que o tremor desta quarta-feira foi diferente de outros registrados no país em anos recentes.

"Parece ter sido um grande terremoto na placa indiana que rompeu-se de forma lateral", disse ele.

"É um tipo de terremoto que tem muito menos chances de causar tsunami por não deslocar um grande volume de água."

A versão 8 (ou mais recente) do Flash Player é necessária para a visualização desse conteúdo.
Clique no botão abaixo para instalá-la.

Baixe o Flash Player

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.