Google é multado nos EUA por 'atrapalhar' investigação sobre Street View

Carro do Street View (AFP) Direito de imagem AFP
Image caption Google foi acusado de tentar atrapalhar investigação

O Google foi multado em US$ 25 mil (cerca de R$ 46 mil) após autoridades americanas terem julgado que o gigante da internet procurou atrapalhar uma investigação sobre o seu aplicativo de mapas Street View.

A agência Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) disse que por meses o Google ''impediu e atrasou deliberadamente'' a investigação.

De acordo com a agência federal americana, o maior site mundial de buscas não atendeu a pedidos por informações e documentos.

A investigação teve início em 2010, após o Google ter afirmado que veículos do Street View teriam obtido de forma não intencional informações de usuários particulares por meio de tecnologia Wi-Fi.

Dados pessoais

Segundo as autoridades americanas, entre as informações coletadas por carros do Street View em mais de 30 países figuram senhas, e-mails e outros dados que foram transmitidos em redes wireless por meio de roteadores desprotegidos.

A comissão disse ainda ter ''uma série de perguntas factuais'' sobre o projeto Street View que ainda não foram respondidas.

A agência intimou um engenheiro do Google que desenvolveu o código de software utilizado pela companhia para coletar os dados.

Mas o engenheiro, cujo nome não foi divulgado, invocou a Quinta Emenda da Constituição americana, que permite que uma pessoa não tenha de testemunhar caso ela sinta que corre o risco de se auto-incriminar.

O Google vem contestando as conclusões da comissão. ''Como a FCC registrou em seu relatório, nós providenciamos todo o material que os reguladores diziam ser necessário para concluir sua investigação e não se chegou à conclusão de que violamos quaisquer leis'', afirmou a companhia em um comunicado oficial.

Notícias relacionadas