Conheça histórias curiosas das Olimpíadas de Londres em 1908 e 1948

Hoskins em 1948 Direito de imagem BBC World Service
Image caption Hopkins: 'tudo era mais básico naquela época'

Dois personagens ilustram as outras duas ocasiões em que Londres foi sede dos Jogos Olímpicos, em 1908 e 1948. Vestido de fraque, William Knightsmith abriu os primeiros jogos com um megafone de metal. Quatro décadas depois, o ex-ginasta Glyn Hopkins enfrentava a infraestrutura deficiente para competir.

Quando a tocha olímpica for acesa na cidade em fins de julho, a terceira edição olímpica de Londres marcará um avanço em termos tecnológicos praticamente inimaginável em relação à última vez em que a competição ocorreu na capital britânica, seja em termos de preparação e desempenho dos atletas ou no número de expectadores.

Apesar de tanto em 2012 como em 1948 a palavra "austeridade" ter sido usada com frequência para descrever a situação pela qual passa o país, as diferenças são gritantes.

"Os tempos eram duros já que era pouco depois da guerra. Ainda vivíamos com rações básicas de comida e não havia muito dinheiro circulando", diz o aposentado Glyn Hopkins, 83 anos, ex-integrante da equipe de ginástica de 1948.

Hopkins conta que, durante a preparação para as competições, os atletas dormiam em bancos de ginástica.

"Tínhamos que colocá-los todos juntos e dormíamos enfileirados. Como você pode imaginar, ninguém dormia muito."

Direito de imagem BBC World Service
Image caption O ex-atleta receberá ingressos para a final da ginástica olímpica

"Também não tínhamos nenhum uniforme especial. Nos deram uma camiseta, um blazer de competições e um abrigo para as provas. Era tudo muito básico. Mas na época tudo era assim."

Equipamento

A evolução nos equipamentos trazem impacto sobretudo no desempenho dos atletas.

"Agora os ginastas caem sobre um poço cheio de poliestireno caso se desequilibrem, enquanto nós caíamos sobre um tapetinho fino e duro e isso machucava", diz ele.

"Agora o medo é menor e isso significa que os ginastas podem fazer mais movimentos radicais."

O ex-atleta relembra que os Jogos de 1948 ajudaram a unir o país após a tragédia da Segunda Guerra Mundial.

"Me lembro de sair do estádio (Wembley) na cerimônia de abertura em meio a 75 mil pessoas e os pelos da minha nuca se arrepiaram. E porque os ingressos não eram caros, muita gente podia vir nos ver", disse ele.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Knightsmith se tornou um dos rostos mais marcantes dos Jogos de 1908

A equipe britânica de ginástica terminou na 12ª posição apenas em 1948. Como ex-integrante de uma equipe olímpica, Hopkins receberá dois ingressos para a final da competição deste ano.

1908

Um dos rostos mais marcantes da primeira edição dos Jogos em Londres foi a do apresentador oficial das competições, William Knightsmith.

De fraque e cartola ele usava um megafone de metal para anunciar todas as disputas durante os seis meses que durou a Olimpíada de 1908.

À época, William Knightsmith já havia trabalhado como orador profissional por todo o país.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption O conjunto de objetos dos Jogos de 1908 foi vendido por dez mil libras

Seu bisneto, Patrick Stevenson, hoje com 66 anos, diz que "por causa de seu trabalho, ele era conhecido da realeza e da aristocracia e o que se precisava era de um homem de boa voz".

O homem com o característico megafone aparece em diversas imagens da competição, inclusive na gravura que mostra os campeões e personalidades do evento.

O megafone, junto com seu estojo, cartola e a imagem original de 1908 foram leiloados em 2006 por dez mil libras (cerca de R$ 31 mil).

O neto, que o pega emprestado ocasionalmente para realizar palestras sobre a Olimpíada de 1908, será um dos voluntários nesta edição dos Jogos, envolvido com o transporte dos atletas da Vila Olímpica.

Notícias relacionadas