Cidades 'Chata' e 'Sem Graça' votam para se unir

Igreja de Dull e a placa da cidade de Boring (Foto: BBC) Direito de imagem none
Image caption Se proposta for aprovada em votação, cidades<br>de Boring e Dull serão 'comunidades irmãs'

Os moradores da cidade escocesa de Dull (Sem Graça, em tradução livre) vão descobrir nesta semana se conseguiram estabelecer um vínculo maior com a cidade americana de Boring (Chata, em tradução livre), no Estado do Oregon.

As autoridades da cidade americana devem votar se os dois locais deverão se transformar em "comunidades irmãs".

O Conselho Comunitário do vilarejo de Dull afirma que os escoceses terão benefícios concretos caso a proposta seja aprovada na votação.

O vilarejo de Dull também pretende marcar a união das duas cidades instalando placas na estrada com os nomes das duas comunidades.

"Todo mundo abre um sorriso diante da possibilidade de uma placa muito chamativa que, inevitavelmente, vamos precisar (caso a proposta seja aprovada)", afirmou Marjorie Keddie, integrante do Conselho Comunitário de Dull.

A ideia da união entre as duas cidades surgiu a partir da viagem de uma moradora do vilarejo de Dull. Elizabeth Leighton estava de férias pelos Estados Unidos quando passou pela cidade de Boring.

Boring tem 12 mil habitantes e Dull é uma pequena aldeia.

O nome da cidade americana de Boring vem do sobrenome de um soldado, William H. Boring, que participou da guerra civil americana.

Já o nome de Dull teria origem na palavra gaélica para pasto. Mas outros especialistas especulam que o nome poderia ter surgido a partir de outra palavra gaélica, "dul", que significa armadilha.

Notícias relacionadas