Presidente da Fifa diz que ainda há cidades da Copa 'no vermelho'

Atualizado em  26 de julho, 2012 - 13:18 (Brasília) 16:18 GMT
Joseph Blatter (Foto: AFP/Getty Images)

Blatter afirma estar feliz com andamento dos trabalhos, mas diz que ainda há muito a fazer

Em encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Londres, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que ainda há cidades "no vermelho" no que diz respeito às obras para a Copa do Mundo de 2014.

Apesar disso, Blatter disse estar "muito feliz" com o andamento dos trabalhos preparatórios.

"Os trabalhos estão em progresso nos estádios, aeroportos, estradas e hotéis. Ainda há muito o que fazer, mas pude dizer à presidente Dilma que eles estão no bom caminho", disse Blatter.

Blatter afirmou ainda que a reunião faz parte de uma série de encontros de nível presidencial entre o Brasil e a Fifa e que desde o início de junho ficou acertado com o governo brasileiro que as obras teriam seu passo apressado.

"Em um ano acontece a Copa das Confederações, que não é um ensaio, mas é um dos maiores torneios organizados pela Fifa", afirmou.

Agenda

O presidente da Fifa se encontrou com Dilma no hotel em que ela está hospedada, no centro de Londres. A reunião durou cerca de meia hora.

Logo em seguida, Dilma seguiu para o próximo compromisso da agenda oficial, a abertura de uma exposição sobre ciência e tecnologia aplicadas aos esportes na nova sede da Embaixada brasileira em Londres.

A presidente também irá ao Museu da Ciência londrino, onde deve assinar com autoridades britânicas um acordo para dar início a um projeto de um museu de ciência no Brasil.

No local, Dilma aproveitará para promover o programa "Ciência sem Fronteiras", lançado pelo governo federal em 2010. Ela também se encontrará com alguns dos estudantes beneficiados pelo projeto, que visa conceder mais de 10 mil bolsas a universitários brasileiros em instituições britânicas até 2014.

Após passagem pelo Museu da Ciência, a presidente inaugura a Casa Brasil, uma "vila brasileira" erguida em Somerset House, na região central de Londres - próximo a Covent Garden, popular ponto turístico da cidade - para promover o turismo no Brasil e os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro.

Na sexta-feira, Dilma deve almoçar com atletas brasileiros no centro de treinamento de Crystal Palace, antes de partir para a recepção organizada a chefes de governo e Estado no Palácio de Buckingham, cuja anfitriã será a rainha Elizabeth 2ª.

A programação oficial será concluída com o comparecimento na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, no estádio olímpico.

No sábado, a presidente não tem compromissos oficiais marcados e deve embarcar de volta ao Brasil no início da noite.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.