A horas da abertura, Dilma pede a atletas brasileiros: 'vamos com tudo'

Dilma Rousseff cercada por atletas olímpicos brasileiros em Londres (Reuters) Direito de imagem Reuters
Image caption Em Londres, Dilma conversou com atletas brasileiros que participam dos Jogos Olímpicos

Cercada por dezenas de esportistas da delegação brasileira e vestida com um uniforme de pódio (o agasalho que será usado por medalhistas), a presidente Dilma Rousseff passou o seu recado aos atletas: "vamos com tudo".

Em rápido evento antes do almoço no bandejão do centro de treinamento da equipe brasileira, em Crystal Palace, Dilma se encontrou com o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e conversou com alguns atletas das equipes de handebol, atletismo, saltos ornamentais, levantamento de peso e natação.

Ela chegou a brincar com o halterofilista Fernando Reis, medalha de ouro nos jogos Pan-Americanos de 2011:

"Pode comer quanto quiser", disse a presidente.

Cardápio

No cardápio, preparado pela chef Roberta Sudbrack, trazida especialmente para garantir a alimentação da equipe verde-e-amarela, havia várias opções, além do tradicional arroz, feijão, farofa e carne assada.

A presidente, que almoçou no bandejão com os atletas, pode provar pratos como bobó de camarão, capelletti de espinafre gratinado, abóbora com carne seca, quiabo e couve-flor gratinados, além de salada de tomate com salsinha.

Para a sobremesa, doce de leite e brigadeiro.

Antes do encontro, a presidente revelou que seu esporte predileto é o vôlei, porque o praticava "há mais de 40 anos".

"A gente costuma gostar mais dos esportes que pratica", afirmou.

Ela também disse gostar de acompanhar basquete, mas explicou que não deve ir às quadras no sábado, quando não tem programação oficial marcada.

A presidente afirmou que sua visão não permite acompanhar as partidas de perto como gostaria, nos ginásios.

"Prefiro ver na televisão, que posso ver de pertinho", disse, bem-humorada, acrescentando que, por causa da miopia, pretende levar um binóculos para a cerimônia de abertura.

Esportes individuais

Antes do encontro com os esportistas, Dilma disse, em entrevista coletiva, que o Brasil precisa ganhar espaço nos esportes individuais.

''Sempre nos esportes coletivos a gente leva medalha, mas apesar de ser um time completo, você leva uma medalha no esporte coletivo. E aí têm esportes individuais que são mais medalhados'', disse Dilma.

''O Brasil vai ter que fazer esforço para ampliar seu espaço em esportes individuais."

Antes de se dirigir ao estádio olímpico para a cerimônia de abertura, a presidente participou de uma recepção no Palácio de Buckingham, oferecida pela rainha Elizabeth 2ª aos chefes de Estado presentes na capital britânica.

Notícias relacionadas