Adolescente é preso por tuíte ofensivo após fracasso de saltador britânico

O saltador Tom Daley, após ter disputado prova em que chegou em quarto lugar (Reuters) Direito de imagem REUTERS
Image caption Daley terminou prova de salto ornamental em quarto lugar

Um adolescente de 17 anos foi preso pela polícia na Grã-Bretanha após ter enviado uma mensagem de Twitter supostamente ofensiva ao saltador Tom Daley, após este ter perdido uma chance de conquistar medalha em uma prova de salto.

O mergulhador obteve a quarta colocação no salto ornamental de dez metros em dupla.

O usuário de twitter @Rileyy69 enviou uma mensagem a Daley na qual dizia: ''Você decepcionou o seu pai, espero que você saiba isso''.

O pai do atleta morreu em 2011 de câncer cerebral e o atleta britânico, de 18 anos, disse, no começo dos Jogos Olímpicos que o pai era sua principal fonte de inspiração.

Daley reagiu com indignação ao comentário: ''Depois de dar tudo...ainda há idiotas me mandando isso aqui...''.

Pedido de desculpas

Após o incidente, @Rilleyy69, cujo nome não foi identificado, chegou a enviar tuítes se desculpando:

"@TomDaley1994, sinto muito amigo só queria que você ganhasse porque é a Olimpíada. Só estou aborrecido porque nós não ganhamos. Desculpe, aceite meu perdão.''

Em seguida, ele ainda acrescentou: "Por favor eu não quero ser odiado só lamento que você não tenha vencido, porque estava torcendo para que você e seu parceiro fizessem a Grã-Bretanha se orgulhar, por isso fiquei tão chateado''.

O saltador recebeu uma série de mensagens de apoio via Twitter enviadas por outros atletas, após o ocorrido.

O parceiro de Daley na competição tuitou: ''Para todas as pessoas cheias de ódio por aí, venham fazer o que nós fazemos para poder falar''.

A nadadora Keri-Anne Payne também postou uma mensagem: "Ignore os idiotas! Não vale à pena".

Notícias relacionadas