Fotógrafo catalão lança novo olhar sobre cartões postais

Atualizado em  29 de agosto, 2012 - 07:53 (Brasília) 10:53 GMT
  • Foto: Pep Ventosa
    As imagens do fotógrafo catalão Pep Ventosa lançam um olhar diferente sobre cartões postais de diversas partes do mundo. Esta foto mostra a Opera House, em Sydney, na Austrália.
  • Foto: Pep Ventosa
    Para criar seus trabalhos, Ventosa sobrepõe diversas fotografias do mesmo objeto, capturadas em 360 graus, como a pirâmide do Louvre, em Paris.
  • Foto: Pep Ventosa
    Como resultado, as fotografias mostram o objeto retratado com riqueza de detalhes. Nesta foto, o Coliseu de Roma.
  • Foto: Pep Ventosa
    As fotografias feitas com a técnica se assemelham a pinturas, como esta imagem da ponte Golden Gate, em San Francisco (EUA).
  • Foto: Pep Ventosa
    O fotógrafo diz que busca “desconstruir e reconstruir” as imagens, com o objetivo de criar novas experiências visuais. Na foto, o Taj Mahal, na Índia.
  • Foto: Pep Ventosa
    Nascido em 1957 em Vilafranca del Penedès, perto de Barcelona, Ventosa diz que sua paixão por fotografia nasceu quando ganhou sua primeira câmera, aos dez anos de idade. Esta imagem mostra a Tower Bridge, em Londres.
  • Foto: Pep Ventosa
    Segundo Ventosa, a série Collective Snapshots combina dezenas de fotos para “criar uma abstração de lugares onde estivemos e de coisas que vimos”. A foto mostra o templo budista flutuante de Hangzhou.
  • Foto: Pep Ventosa
    O fotógrafo define a série como “uma celebração da nossa memória coletiva”. Na foto, a Ponte Vecchio, em Florença.

Celebração da memória coletiva

As imagens do fotógrafo catalão Pep Ventosa lançam um olhar diferente sobre cartões postais de diversas partes do mundo.

Para criar seus trabalhos, Ventosa sobrepõe várias fotografias do mesmo objeto, capturadas em 360 graus.

Como resultado, os objetos retratados são mostrados com riqueza de detalhes, em fotografias que se assemelham a pinturas.

Na série Collective Snapshots, Ventosa diz que combina dezenas de fotos para "criar uma abstração de lugares onde estivemos e coisas que vimos".

O fotógrafo define a série como "uma celebração da nossa memória coletiva".



BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.