Irã e EUA negam negociações diretas sobre programa nuclear

Atualizado em  21 de outubro, 2012 - 12:42 (Brasília) 14:42 GMT
Ministro iraniano

Ministro iraniano das Relações Exteriores descartou diálogo direto com americanos

Os governos do Irã e dos Estados Unidos negaram neste domingo a notícia veiculada por um jornal americano de que os dois países teriam concordado em dialogar sobre o programa nuclear iraniano.

"Nós não temos nenhuma discussão ou negociação com a América", disse à televisão iraniana Press TV o ministro das Relações Exteriores do Irã, Ali Akbar Salehi.

"As conversas são contínuas com o grupo P5+1. Além disso, não temos discussões com os Estados Unidos", afirmou, em referência ao grupo formado por Grã-Bretanha, China, França, Rússia, Estados Unidos e Alemanha.

A notícia havia sido dada pelo jornal New York Times, no sábado, citando fontes anônimas. Segundo o jornal, autoridades americanas e iranianas haviam concordado em dialogar após o dia 6 de novembro, quando serão realizadas as eleições americanas.

A Casa Branca disse que está preparada para se reunir com autoridades iranianas de forma bilateral, mas disse que não há nenhum plano no horizonte.

O Irã vem desenvolvendo tecnologia nuclear nos últimos anos. Segundo o governo de Teerã, a motivação do seu programa é apenas pacífica, de suprir o país com energia. No entanto, países ocidentais acusam o Irã de estar desenvolvendo secretamente armas nucleares.

No domingo, o governo americano também negou a notícia dada pelo New York Times. O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Tommy Vietor, disse que a notícia não era verdadeira.

"Nós continuamos trabalhando... em uma solução diplomática, e dissemos desde o começo que estariamos preparados para encontrá-los de forma bilateral."

O tema é um dos principais na campanha eleitoral americana. Na segunda-feira, os candidatos Barack Obama e Mitt Romney realizarão o terceiro e último debate, cujo tema é política internacional.

Romney acusa Obama de não ser duro o suficiente nas negociações com o Irã. O presidente americano é contra um ataque às instalações nucleares do país.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.