Estudo identifica baleia que aprendeu a 'falar'

Atualizado em  23 de outubro, 2012 - 16:15 (Brasília) 18:15 GMT
Beluga

Belugas são conhecidas como 'canários do mar' por seus 'pios' altos

Pesquisadores americanos se surpreenderam ao descobrir uma beluga (baleia-branca) que teria aprendido a emitir sons bastante semelhantes aos da fala humana.

Já se sabia que os golfinhos eram capazes de aprender a imitar o padrão e a duração dos sons na fala humana, mas não se conhecida nenhum animal que fizesse isso espontaneamente.

Os pesquisadores escutaram a baleia NOC, de nove anos, emitindo sons com frequência e ritmo parecidos aos emitidos na fala humana e conseguiram registrar a vocalização.

Em um estudo recém publicado na revista especializada Current Biology, os pesquisadores tentam desvendar como NOC fez isso.

'Canários do mar'

Ouça a gravação dos sons emitidos pela baleia NOC

Pesquisadores americanos gravaram vocalizações do animal semelhantes à fala humana.

Ouvirmp3

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

O primeiro mistério, porém, era descobrir de onde vinham os sons.

Os pesquisadores perceberam pela primeira vez que a beluga poderia ser a fonte quando uma mergulhadora da Fundação Nacional de Mamíferos Marinhos, na Califórnia, voltou à superfície questionando: "Quem pediu para eu sair?".

As belugas são conhecidas como "canários do mar" por conta de seus "pios" altos, mas apesar de vários relatos de baleias emitindo sons parecidos com a fala humana, isso nunca havia sido gravado.

Quando os pesquisadores da Califórnia identificaram a beluga NOC como origem do som, eles registraram a emissão.

Eles descobriram que as emissões vocais tinham frequência e pausas mais próximas às da fala humana do que aos sons emitidos normalmente por baleias.

Aprendizado

Beluga

Estudo indica que a beluga havia aprendido a emitir os sons parecidos com a fala humana

Os pesquisadores passaram então a recompensar NOC pela emissão de sons semelhantes à fala para ensiná-la a emití-los sob comando humano e instalaram um equipamento para monitorar a pressão em sua cavidade nasal, onde os sons são produzidos.

Eles descobriram que o animal era capaz de mudar rapidamente a pressão dentro de sua cavidade nasal para produzir os sons.

Para amplificar as partes das vocalizações com frequências comparativamente baixas, o animal inflava uma parte de seu furo de respiração normalmente usada para impedir que a água entre nos pulmões.

"Nossas observações indicam que a baleia tinha de modificar sua mecânica vocal para fazer os sons parecidos aos da fala", observa o coordenador do estudo, Sam Ridgway, presidente da Fundação Nacional de Mamíferos Marinhos.

"Os sons que escutamos eram claramente um exemplo de aprendizagem vocal pela baleia branca", afirma.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.