Diretor-geral da BBC pede demissão

Atualizado em  10 de novembro, 2012 - 19:49 (Brasília) 21:49 GMT

Entwistle disse que a BBC não deveria ter transmitido um programa "que estava tão errado"

O diretor-geral da BBC, George Entwistle, pediu demissão na noite deste sábado após a repercussão de um programa sobre abuso sexual de menores.

"Diante do fato de que o diretor-geral também é o editor e, em última instância, o responsável por todo o conteúdo e também do fato de que o (programa) Newsnight exibiu uma reportagem com um nível jornalístico inaceitável, eu decidi que a atitude mais honrada a ser tomada era deixar meu cargo", disse Entwistle.

Horas antes, ele já havia dito que a emissora tinha errado ao transmitir a reportagem, em 2 de novembro, no qual uma vítima de abusos sexuais acusava um ex-político de ser seu algoz.

Embora o programa não citasse diretamente o conservador Lord McAlpine, que foi tesoureiro do governo de Margaret Thatcher, seu nome acabou sendo revelado pelas redes sociais.

Mais tarde, a vítima esclareceu que os abusos não haviam sido cometidos por McAlpine, como acreditava. O erro ocorreu porque em 1990 a polícia teria lhe mostrado uma fotografia da pessoa responsável pelos abusos e dito que se tratava de McAlpine - quando na realidade a foto era de outra pessoa.

'Novo líder'

Entwistle disse ainda que quando foi escolhido para ocupar o carto, em 17 de setembro, ele era a "pessoa certa para lidar com os desafios e oportunidades futuras".

"No entanto, os eventos excepcionais das últimas semanas me levaram a concluir que a BBC deve escolher um novo líder."

A BBC e o programa Newsnight já estavam sendo investigados por não terem levado a cabo a apuração sobre suspeitas de abusos sexuais cometidos pela ex-apresentador da rede Jimmy Saville.

"Ter trabalhado como diretor-geral da BBC, mesmo que por um curto período e nas mais desafiadoras circunstâncias, foi uma grande honra para mim", disse Entwistle.

Em uma entrevista à Rádio 4, da BBC, ele disse que um programa "que estava tão errado" não deveria ter sido transmitido. "O que aconteceu foi inaceitável."

Tim Davie, que atualmente é o diretor de Áudio e Música da BBC, foi nomeado para ocupar interinamente o cargo de diretor-geral da rede.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.