Intruso invade e rouba chaves da Torre de Londres, abrigo de joias reais

Atualizado em  12 de novembro, 2012 - 18:48 (Brasília) 20:48 GMT
A Torre de Londres, em foto de arquivo (AP)

Intruso teria roubado chaves de diferentes partes da Torre

Autoridades britânicas abriram um inquérito para investigar como uma pessoa conseguiu invadir e roubar chaves da Torre de Londres, importante monumento histórico no centro da cidade e abrigo da coleção de joias da coroa real.

O incidente ocorreu na manhã de 6 de novembro, quando o invasor conseguiu passar pelo primeiro portão, segundo uma porta-voz da organização Historic Royal Palaces, que cuida da Torre de Londres.

A porta-voz acrescentou que a segurança do local - um dos mais visitados pontos turísticos de Londres - não esteve à altura "dos níveis esperados". Mas ressaltou que as joias da coroa "em nenhum momento estiveram em perigo".

As joias, guardadas na Torre de Londres desde o século 14, são os principais símbolos da monarquia britânica e incluem coroas de diamantes, cedros, anéis e espadas.

A Torre é protegida pelos guardas cerimoniais chamados de Yeoman Warders, ou Beefeaters, que encontraram o intruso. Mas a porta-voz oficial recusou-se a dar mais detalhes do caso.

A polícia de Londres, porém, disse que ninguém foi detido até agora em ligação com o episódio. Disse apenas que o caso está sendo investigado.

Chaves

Coroa que é parte da coleção de joias reais

Joias da coroa britânica ficam abrigadas na Torre de Londres

Segundo a representante da Historic Royal Palaces, foram roubadas as chaves de um restaurante, de salas de conferência e de uma tranca interna de uma ponte levadiça da Torre, inacessível pela parte externa do monumento.

"(De fora), nenhuma das chaves daria acesso à Torre. E todas as fechaduras afetadas foram trocadas imediatamente", disse a porta-voz.

"Nossos sistemas de segurança são robustos, mas, nessa ocasião, não foram cumpridos nos níveis esperados", agregou. "Uma investigação disciplinar está em curso."

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.