Presos suspeitos de degolar menina de 14 anos que recusou casamento

Atualizado em  29 de novembro, 2012 - 11:08 (Brasília) 13:08 GMT

Mulheres são vítimas constantes de ataques no Afeganistão

A polícia afegã prendeu dois homens acusados de decapitar uma adolescente com uma faca em Kunduz, província que fica no norte do Afeganistão.

Antes do ataque, o pai da menina rejeitou uma proposta de casamento feito por um dos suspeitos.

"Nossa investigação revelou que quem tentou matá-la queria casar com ela", disse a polícia à BBC.

A menina de 14 anos estava carregando água potável para casa na segunda-feira no distrito de Imam Sahib, quando foi atacada.

"As pessoas estavam perturbando a família e pedindo a mão da jovem. Quando eles recusaram, aconteceu isso com ela", disse um dos policiais do caso.

Autoridades afegãs disseram que os detidos são parentes próximos da jovem. O pai não queria ver sua filha casada ainda, por considerá-la jovem demais, segundo uma agência de notícias local.

No começo do mês, quatro policiais foram condenados a 16 anos de prisão por estuprar uma jovem na mesma província.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.