China aumenta restrições ao acesso à internet

Atualizado em  28 de dezembro, 2012 - 10:25 (Brasília) 12:25 GMT
Usuários de internet na China (AP)

Usuários serão forçados a se cadastrar com 'informações genuínas' para acessar a web

A China aumentou nesta sexta-feira as restrições ao acesso à internet, exigindo que usuários se identifiquem perante os provedores e legalizando a eliminação de posts ou páginas com "informação ilegal".

As medidas são parte de um pacote que, segundo a agência estatal Xinhua, têm como objetivo "aumentar a proteção de informações pessoais e resguardar interesses públicos e a segurança nacional".

Mas críticos dizem que o objetivo do governo é limitar a liberdade de expressão, num país em que comumente sites são bloqueados e conteúdos monitorados.

O anúncio desta sexta é visto como indicativo de que a recém-escolhida nova liderança chinesa vê a internet como uma ameaça.

Em meses recentes, a web e mídias sociais foram usadas para organizar protestos, e casos de corrupção dentro do Partido Comunista foram expostos por indivíduos em páginas da internet.

'Identificação genuína'

As novas medidas formalizam uma regra que exige que usuários que se cadastrem para acessar a internet forneçam a seus provedores "informações genuínas de identificação", informa a Xinhua.

Esse registro de "nome verdadeiro" vigora desde 2011, mas até agora não vinha sendo completamente implementado.

E provedores também serão forçados a "imediatamente interromper a transmissão de informações ilegais assim que estas sejam identificadas", apagando posts, mas arquivando-os para "reportá-los às autoridades supervisoras".

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.