França tenta conter vazamento de gás que chegou à Inglaterra

Atualizado em  22 de janeiro, 2013 - 18:11 (Brasília) 20:11 GMT
Fábrica em Rouen onde ocorreu vazamento. | Foto: AFP

A fábrica em Rouen foi fechada e ainda não há informações sobre causas de vazamento

Funcionários de uma indústria química no noroeste da França continuam trabalhando para tentar interromper um vazamento de gás que espalhou um forte cheiro por centenas de quilômetros quadrados, chegando até a Inglaterra.

Milhares de pessoas, em locais tão afastados como a capital francesa e até mesmo Londres, reclamaram de náuseas e dor de cabeça devido ao cheiro, descrito como "de ovos podres".

A ministra de Ecologia da França, Delphine Batho, interrompeu uma visita à Alemanha e está a caminho de Rouen, onde está a fábrica, para fiscalizar as operações de contenção do vazamento de mercaptano.

O mercaptano é um composto orgânico à base de enxofre, que é geralmente adicionado ao gás de cozinha.

O vazamento começou na segunda-feira, em uma fábrica administrada por uma subsidiária francesa da empresa americana Lubrizol, a cerca de 120 quilômetros de Paris.

Os ventos espalharam a nuvem de gás pelo norte da França na noite de segunda-feira e, em seguida, sobre a Inglaterra nesta terça-feira.

Adiamento

O cheiro forte também provocou o adiamento de uma partida de futebol entre os times de Rouen e Marselha, marcada para esta terça-feira.

Moradores da região disseram que o odor é "insuportável".

A fábrica foi fechada, e ainda não há informações sobre as causas do incidente.

Um alto executivo da indústria, Pierre-Jean Payrouse, disse que ainda pode levar horas até que o vazamento seja interrompido.

Na Grã-Bretanha, a Agência de Proteção à Saúde disse que o cheiro "não representa risco à saúde pública".

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.