Artista britânico ganha prêmios e fama com desenhos 'fotorealistas'

Atualizado em  31 de janeiro, 2013 - 14:28 (Brasília) 16:28 GMT

Player

Desenhos a lápis de Kelvin Okafor que retratam personagens com fidelidade fotografáfica ganham mostra em Londres.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

O artista plástico britânico Kelvin Okafor, de 27 anos, vem ganhando fama e prêmios com seus desenhos feitos a lápis que reproduzem com fidelidade quase fotográfica os personagens que retrata.

O artista gasta entre 80 a 100 horas criando cada um de seus trabalhos.

O trabalho de Kelvin Okafor impressiona pela fidelidade quase fotográfica aos personagens

O gênero no qual ele se especializou é conhecido como 'fotorealismo'.

Okafor cria seus desenhos estudando detalhadamente fotografias ou reproduzindo seus modelos de memória.

Ele já reproduziu com detalhes personalidades como Nelson Mandela, a Madre Teresa de Calcutá ou o rei Hussein da Jordânia - um retrato tão fiel que ele será exibido para a rainha Nour, viúva do monarca.

Atualmente, algumas das obras do artista chegam a ser vendidas por 10 mil libras (cerca de R$ 30,1 mil).

Uma mostra dedicada ao trabalho do artista está sendo inaugurada nesta quinta-feira, em Londres, no Museu de Ciência.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.