Líder supremo do Irã rejeita oferta dos EUA por diálogo

Atualizado em  7 de fevereiro, 2013 - 09:17 (Brasília) 11:17 GMT

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, rejeitou categoricamente nesta quinta-feira uma oferta dos Estados Unidos para negociações diretas entre os dois países.

Em um comunicado publicado em seu site na internet, o aiatolá afirma que as negociações não resolveriam nenhum problema.

Ele acusou os Estados Unidos de "apontar uma arma para a cabeça do Irã", mas disse que o país não ficará amedrontado pelas ameaças.

Esta é a primeira declaração de Ali Khamenei em relação à oferta americana para negociações diretas, feita na semana passada pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

A oferta havia recebido elogios cautelosos do ministro das Relações Exteriores do Irã, mas o líder supremo do país tem a palavra final sobre a política externa iraniana.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.