Chávez está 'lutando pela vida', diz vice-presidente

Atualizado em  1 de março, 2013 - 08:28 (Brasília) 11:28 GMT
Mulher segura uma foto do presidente Hugo Chávez e a bandeira da Venezuela durante evento em Caracas (AP)

Partidários de Chávez manifestam apoio ao presidente desde sua volta de Cuba

O vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que o presidente Hugo Chávez está "lutando por sua vida".

"Ele está lutando pela vida e estamos com ele", afirmou o vice-presidente em um pronunciamento na televisão.

Maduro ainda disse que o presidente "não cuidou da saúde, pois deu o corpo e a alma" para o povo.

"Nosso comandante está doente pois ele deu a vida por aqueles que não têm nada", disse Maduro.

Chávez não foi mais visto em público desde que passou por uma nova cirurgia para tratamento de um câncer em Cuba, no mês de dezembro. Ele voltou para a Venezuela no dia 18 de fevereiro e estaria enfrentando uma grave infecção respiratória.

Anteriormente, o governo venezuelano afirmou que Chávez está governando o país do hospital.

Chávez, que ocupa a Presidência há 14 anos, estaria sofrendo de câncer na região pélvica, mas não foram divulgados mais detalhes sobre a doença.

O vice-presidente, que foi indicado por Chávez como seu o sucessor preferido para o cargo, afirmou que o tratamento do líder venezuelano está em uma "fase complexa e difícil".

Boatos

O governo venezuelano tinha informado que Chávez está respirando com a ajuda de um tubo na traqueia, e que estaria redigindo ordens e se reunindo com ministros de governo no quarto de um hospital militar de Caracas, onde está internado.

Chávez anunciou no Twitter seu retorno à Venezuela depois do tratamento para o câncer em Cuba. Uma semana antes foram divulgadas imagens de Chávez sorrindo na cama de hospital em Cuba, durante uma visita de suas filhas.

No entanto, ele ainda não fez nenhum pronunciamento ou aparição pública.

Autoridades do governo já haviam falado sobre a "grande batalha" de Chávez pela vida e os últimos comentários de Nicolas Maduro foram feitos em meio à intensificação de boatos sobre a saúde do presidente venezuelano.

Se referindo aos boatos, Maduro afirmou que "mentiras e grosserias no Twitter e Facebook" são o trabalho de uma "minoria pequena e venenosa".

Chávez anunciou em junho de 2011 que estava com câncer e já passou por quatro cirurgias desde então, além de quimioterapia e radioterapia.

Ele foi reeleito para mais seis anos de Presidência em outubro de 2012, mas a Suprema Corte venezuelana determinou que a cerimônia de posse poderia ser transferida para outra data, por causa da doença de Chávez.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.