Equipes buscam sobreviventes de prédio que desabou na Índia matando 40

Equipes de resgate vasculham escombros. Crédito: Reuters
Image caption Prédio teria desabado como 'pilha de cartas', relatou uma testemunha

Equipes de resgate continuam em busca de sobreviventes depois que um prédio desabou nos arredores de Mumbai, na Índia, matando ao menos 40 pessoas, entre elas 11 crianças.

Ao menos 69 pessoas ficaram feridas. Não se sabe ainda quantas vítimas ou sobreviventes podem estar sob os escombros.

O prédio de sete andares ainda estava em construção, mas os quatro primeiros já estavam ocupados por escritórios e apartamentos residenciais.

Segundo a correspondente da BBC em Mumbai, Rajini Vaidyanathan, várias crianças estariam fazendo um curso em uma das salas quando o prédio desabou.

A polícia abriu uma investigação para apurar as causas do acidente. Digamber Jangale, da polícia local, disse à BBC que a construção era ilegal e acredita que a utilização de materiais de construção fora dos padrões exigidos pode ter causado o desabamento.

Pilha de cartas

Jangale acrescentou que os construtores responsáveis estavam sendo procurados e deverão ser presos.

Uma testemunha disse que o prédio foi ao chão em quatro segundos, "desabando como uma pilha de cartas".

Ainda segundo a correspondente da BBC, o crescimento da população e a baixa oferta de moradias estão estimulando a expansão de prédios altos, mas muitas empreiteiras não tomam as precauções necessárias contra acidentes ou não obtêm a permissão exigida para as construções.

Em dezembro, 13 pessoas morreram quando parte de um prédio desmoronou em uma cidade no estado de Maharashtra. Meses antes, outras seis perderam a vida quando uma construção desabou, na cidade de Pune, também no estado de Maharashtra.

Notícias relacionadas