Polícia é chamada para apartar discussão entre fãs de ‘Star Wars’ e ‘Doctor Who’

  • 15 maio 2013
Soldados do Guerra nas Estrelas / PA

Fãs da séries Star Wars e Doctor Who bateram boca - e por pouco não chegaram à agressão física - durante um evento na cidade de Norwich, no leste da Inglaterra. Ninguém ficou ferido.

A briga ocorreu na quarta edição da convenção de filmes e ficção científica de Norwich, realizada no último domingo na Universidade de East Anglia pelo fã-clube Norwich Star Wars Club.

A polícia chegou a ser chamada para apartar a discussão, que começou após integrantes de um fã-clube rival, o Norwich Sci-Fi Club, terem pedido autógrafos de dois atores do seriado Doctor Who, que também participaram do evento.

A polícia do condado de Norfolk confirmou que parte do seu efetivo foi direcionado para o local, onde ouviu ambas as partes envolvidas na briga.

As autoridades informaram ainda que foram chamadas depois de receberem relatos de que um homem teria sido agredido no evento.

Rivalidade

"Depois de uma longa investigação, falando com testemunhas e revendo as gravações do circuito interno de TV, foi confirmado que não houve agressão", disse um porta-voz da polícia.

"Os dois grupos rivais foram chamados e aconselhados a se afastarem", acrescentou.

Jim Poole, tesoureiro do Norwich Sci-Fi Club, rival do Norwich Star Wars Club, disse que a rivalidade entre os dois grupos é antiga, uma vez que ambos fazem suas próprias convenções na cidade.

Poole disse que esteve presente no evento ocorrido no último domingo com outro integrante do fã-clube para pedir autógrafos de atores Graham Cole e Jeremy Bullock, do seriado Doctor Who. Os artistas foram ao local por causa de um leilão de um diário da série.

Ele acrescentou que vestia uma camiseta do fã-clube e seu amigo estava caracterizado como o quinto Doutor a interpretar o protagonista do seriado, Peter Davison.

Poole contou que começou a ser xingado por um integrante do clube rival já na sala de espera e, logo em seguida, chamou a polícia.

'Triste e patético'

"Fui colocado em um carro de polícia. Fomos sabatinados pela polícia e nos disseram para manter distância um de outro", disse.

"Mas não houve uma luta entre fãs do Star Wars e do Doctor Who com sabres de luz ou chaves de fenda sônicas", afirmou.

"Foi triste e patético. Estamos todos no mesmo barco e não numa espécie de competição. Queria estender a minha mão a eles em sinal de amizade".

Poole disse ainda que seu fã-clube pensa em contratar guarda-costas para fazer a segurança de sua convenção em setembro, de modo a evitar mais problema.

Dominic Warner, secretário do Norwich Star Wars Club, afirmou: "Houve um boato de que houve uma briga. Mas ninguém se agrediu".

Ele reconheceu, no entanto, que já houve brigas entre os fã-clubes no passado, mas "não existe rancor hoje em dia".

Warner acrescentou que os dois grupos estão planejando um encontro para selar as pazes.

Notícias relacionadas