Cidades 'Sem Graça' e 'Chata' proclamam união

Placa em Dull celebra união com Boring (BBC)
Image caption Placa em Dull (Escócia) celebra união da cidade com Boring (EUA)

Autoridades dos Estados Unidos proclamaram o 9 de agosto como o dia comemorativo da união "perpétua" das cidades de Boring, no Estado americano do Oregon (costa oeste do país), e Dull, na Escócia (norte da Grã-Bretanha).

Os nomes das cidades podem ser traduzidos como "chato, "entediante" ou "sem graça".

As duas cidades descobriram ter nomes de significados parecidos quando Elizabeth Leighton, moradora da região de Dull, visitou Boring por acaso durante uma passeio de bicicleta nos EUA.

As localidades resolveram se unir em 2012 para aproveitar o elo entre seus nomes e ganhar mais notoriedade.

Moradores das duas localidades agora planejam eventos comemorativos - por exemplo, shows de gaita de foles e a apresentação de um quarteto de canto coral.

Eventos conjuntos

Os escoceses de Dull consultados pela BBC consideram o elo positivo.

"É um casamento perfeito (entre as cidades)", diz a moradora Emma Burtles. "Isso realmente uniu a comunidade. Já recebemos diversos e-mails simpáticos e alguns visitantes vindos de Boring."

Uma placa instalada na cidade comemora sua associação com Boring.

"O Dia de Boring e Dull (9 de agosto), bem como o reconhecimento de que as cidades estão unidas, deve estimular o turismo e o ânimo das comunidades", disse Steven Bates, presidente do comitê de planejamento comunitário de Boring - que também vai instalar uma placa comemorativa.

O nome da cidade americana vem do sobrenome de um soldado, William Boring, que participou da guerra civil americana.

Já o nome de Dull teria origem na palavra gaélica para pasto. Mas outros especialistas especulam que o nome poderia ter surgido a partir de outra palavra gaélica, "dul", que significa armadilha.

Notícias relacionadas