Cingapura quer dobrar capacidade de aeroporto já considerado melhor do mundo

Piscina no aeroporto de Changi, em Cingapura (Foto: Wikimedia Commons)
Image caption Aeroporto de Changi, em Cingapura, conta com instalações luxuosas e até piscina

O governo de Cingapura anunciou planos para dobrar a capacidade do aeroporto internacional de Changi, considerado um dos melhores do mundo.

O primeiro-ministro do país, Lee Hsien, afirmou que as obras de ampliação, denominadas Project Jewel ("Projeto Joia", em inglês), devem começar em breve.

"T5 (Terminal 5) soa como um terminal, mas é, na verdade, um aeroporto inteiro, tão grande como o aeroporto de Changi é hoje", disse o premiê segundo a agência de notícias AFP.

O novo terminal tem previsão para ficar pronto depois de 2020.

O aeroporto de Changi foi apontado como o melhor do mundo em 2013 pela consultoria britânica Skytrax e é famoso por oferecer uma extensa gama de serviços aos passageiros.

Entre esses serviços estão passeios grátis pela cidade para todos os que permanecem por cinco horas ou mais em Changi. Além disso, o aeroporto conta com piscina, jardins, trilhas arborizadas e cinemas.

O aeroporto também foi um dos primeiros do mundo a introduzir áreas com internet sem fio e já ganhou o mesmo prêmio da Skytrax em 2000, 2006 e 2010.

Custo e mais luxo

Lee Hsien não divulgou qual será o custo da expansão do aeroporto, mas o projeto prevê o uso de uma área de 3,5 hectares (35 mil metros quadrados) para a construção de lojas, um enorme jardim coberto com cachoeira, entre outras atrações.

O premiê afirmou que Changi sofre uma crescente e forte concorrência de outros grandes aeroportos internacionais no sudeste asiático e lembrou que há planos de expansão do Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur, na Malásia, e do Aeroporto Internacional Suvarnabhumi, na Tailândia.

Atualmente, o aeroporto de Changi possui três terminais com uma capacidade total para receber 66 milhões de passageiros por ano. Em 2012, o aeroporto recebeu 51 milhões de passageiros, um aumento de 10% em relação a 2011.

Em janeiro de 2013, Changi atendeu mais de 6,5 mil voos por semana com 110 linhas aéreas conectando Cingapura a 240 cidades em 60 países.

Em fevereiro deste ano, o aeroporto iniciou a demolição do terminal para linhas aéreas mais baratas para a instalação de um novo terminal, o Terminal 4, que terá capacidade para receber 16 milhões de passageiros e deve ser aberto em 2017, segundo a AFP.

Notícias relacionadas