Revisão de Mensalão leva a fim de 'lua de mel com STF', diz jornal

  • 19 setembro 2013
juízes do STF | Agência Brasil
Image caption STF decidiu por reabertura do caso Mensalão

Uma análise publicada nesta quinta-feira no jornal espanhol El País afirma que a reabertura do julgamento do Mensalão distancia os brasileiros de seus juízes.

O texto diz que a revisão da condenação de 12 dos 25 réus julgados "na maior trama de corrupção da história democrática do Brasil" deve levar também ao "fim da lua de mel entre a sociedade brasileira, farta de tanta corrupção e impunidade, e o Supremo Tribunal Federal".

"O presidente da Corte, Joaquim Barbosa, promoveu no ano passado um julgamento duríssimo dos responsáveis do Mensalão, algo que que fez com que muitos brasileiros retomassem a confiança em seu órgão judicial de instância máxima".

Pergunta

Para o El País, agora fica no ar a "inquietante pergunta" sobre se a justiça é igual para todos no Brasil.

O diário espanhol afirma que, três meses após a onda de protestos no país, os brasileiros observam agora sua máxima instância judicial aplicando "uma manobra para beneficiar um grupo de políticos corruptos contra os quais ficou suficientemente provada a responsabilidade e participação no maior escândalo político das últimas décadas".

E avalia que a reabertura do caso representa um motivo a mais para que milhões de brasileiros voltem às ruas, meses depois de terem ouvido da presidente Dilma Rousseff o discurso em que defendeu que a corrupção deveria ser tratada como crime hediondo.

"Em outubro do ano que vem serão realizadas eleições no Brasil e o impacto que o novo julgamento terá na campanha eleitoral do PT ainda é incerto".

Notícias relacionadas