A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Um tour pelo palco da abertura da Copa, a três meses da entrega

Se quatro meses atrás até a Fifa duvidava que a Arena Corinthians pudesse ficar pronta no final deste ano, hoje ela própria reconhece que as obras em São Paulo são as mais avançadas entre todos os últimos seis estádios a serem entregues para a Copa do Mundo.

Em maio deste ano, quando a entidade máxima do futebol mundial fez seu alerta, os responsáveis pela construção da Arena Corinthians diziam que 75% das obras estavam concluídas. Na época, a Fifa chegou até a considerar a possibilidade de tirá-la da abertura da Copa do Mundo, em 12 de junho de 2014.

Image caption A previsão é de que as obras no novo estádio sejam concluídas em dezembro

Esta hipótese, no entanto, foi totalmente descartada pelo próprio secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, na última visita oficial feita ao estádio, em meados de agosto.

A BBC Brasil esteve no bairro de Itaquera (zona leste da capital paulista) para acompanhar a evolução das obras neste mês e fez um tour pelo estádio guiado pelo engenheiro e gerente administrativo e comercial da Arena Corinthians, Ricardo Corregio. Ele apresentou à reportagem cada detalhe do futuro palco da abertura do Mundial.

Atualmente, segundo os responsáveis, a obra está 89% concluída e vai entrar agora na fase final da construção. O gramado já foi plantado no local, a fachada da área leste do estádio ficou pronta e até algumas cadeiras já foram fixadas nas arquibancadas.

Do que ainda resta ser feito, a cobertura é a parte mais trabalhosa. Segundo Corregio, é por conta dela que o prazo final para a entrega da obra se mantém no dia 31 de dezembro deste ano.