Caso Madeleine: falar com homem de retrato falado é de 'importância vital', diz polícia

Retrato criado por computador de homem ligado ao caso Madeleine (PA)
Image caption Polícia afirma que homem mostrado em retrato pode ou não ser a chave da investigação

A Polícia Metropolitana de Londres, a Scotland Yard, divulgou duas imagens feitas a partir de simulações computadorizadas de um homem considerado de "importância vital" nas investigações do desaparecimento da britânica Madeleine McCann.

Os dois retratos falados da mesma pessoa foram feitos com base no depoimento de duas testemunhas que viram o homem na noite em que a menina, então com três anos, desapareceu, durante as férias com a família na Praia da Luz, no Algarve (sul de Portugal), em 2007.

As testemunhas disseram que o homem tinha entre 20 e 40 anos e estatura média. Ele tinha cabelos curtos, castanhos e não tinha barba.

O detetive Andy Redwood, que chefia a investigação, afirmou que é muito importante que este homem seja identificado.

"Enquanto este homem pode ou não ser a chave para destravar esta investigação, rastrear e falar com ele é de importância vital para nós", afirmou.

"Temos testemunhas que colocam ele na área do resort perto do horário do desaparecimento de Madeleine", acrescentou.

Autoridades portuguesas encerraram sua investigação sobre o caso em 2008, mas a Scotland Yard iniciou uma revisão em maio 2011.

Cronograma

O cronograma e a "versão aceita dos acontecimentos" em torno do desaparecimento de Madeleine McCann mudaram significativamente, disse a polícia britânica.

A Polícia Metropolitana de Londres afirmou que a reabertura do caso - cujos detalhes serão exibidos pelo programa Crimewatch, da BBC, esta segunda-feira - revelará os detalhes da "reconstituição mais detalhada" do caso até agora.

Como parte do esforço para solucionar o caso, a reconstituição da polícia tem quase 25 minutos de duração e mostra os eventos que precederam e rodearam o desaparecimento de Madeleine.

"Ao sermos autorizados a trabalhar com o programa Crimewatch para fazer a reconstrução mais detalhada até agora, pudemos destacar pontos muito específicos da investigação", disse o detetive Andy Redwood

"A análise cuidadosa e crítica do cronograma de eventos tem sido absolutamente fundamental. Primeiramente, estamos focados no período entre 20h30 e 22h", acrescentou.

"Nós sabemos que às 20h30 foi quando os McCann desceram para a área de tapas, para jantar, e também sabemos que às 22h Madeleine foi dada como desaparecida pelos pais."

Ao saírem para jantar, os pais da menina a deixaram dormindo no apartamento em que estavam passando férias.

A expectativa da Scotland Yard é que, ao exibir a nova reconstituição ao grande público, seja possível obter novas informações que a ajudem a desvendar o caso.

Notícias relacionadas