Manifestantes invadem terminal e queimam ônibus em São Paulo

  • 25 outubro 2013
Ônibus é incendiado em São Paulo (foto: Reuters)
Image caption Coronel é atingido em confronto entre manifestantes e polícia no centro de São Paulo

Um grupo de manifestantes entrou em confronto com a polícia na noite desta sexta-feira no centro de São Paulo. Diversos ônibus de um terminal foram depredados e um coronel da Polícia Militar foi ferido na cabeça.

A violência aconteceu durante um protesto organizado pelo Movimento Passe Livre. Cerca de 600 manifestantes exigiam o fim da cobrança de tarifas nos transportes públicos.

Um grupo queimou uma réplica gigante de uma catraca de ônibus no centro da cidade.

Depois, manifestantes - entre eles os radicais chamados "black blocs" - seguiram para o terminal do Parque Dom Pedro, o principal ponto de partida e chegada de ônibus para a zona leste da cidade. O local foi invadido e veículos foram depredados. Ao menos um ônibus foi incendiado.

Ao menos 18 caixas eletrônicos instalados dentro do terminal foram destruídos.

A Polícia Militar entrou em confronto com os manifestantes e usou bombas de gás lacrimogênio para tentar dispersar a multidão.

Um coronel da PM, responsável pelo comando da instituição na região central da cidade, foi atingido na cabeça durante a confusão. Ele foi levado ainda consciente para um hospital. A PM não informou como o ferimento foi causado.

Manifestantes chegaram a fazer barricadas em algumas ruas do centro, mas foram dispersados pela polícia.

Notícias relacionadas