Falta de privacidade em banheiros das Olimpíadas de Sochi gera polêmica

Foto: Steve Rosenberg/BBC
Image caption Steve Rosenberg postou a foto no Twitter na segunda-feira

Uma foto feita por um correspondente da BBC na Rússia mostrando um banheiro masculino em uma das instalações construídas para as Olimpíadas de Inverno de Sochi, que ocorrem em fevereiro, causou polêmica no Twitter.

A foto foi feita no banheiro do centro de biatlo e postada na segunda-feira no Twitter pelo correspondente em Moscou Steve Rosenberg.

"Visão dupla no banheiro masculino do Centro Olímpico de Biatlo", postou Rosenberg junto com a foto.

A repercussão foi rápida e a foto foi retuitada pelo líder da oposição do país, Alexei Navalny, entre outros políticos.

Navalny questionou como o orçamento para os jogos, que, segundo a divulgação foi de US$ 50 bilhões (pouco mais de R$ 117 bilhões), foi gasto.

"Este é um banheiro masculino em centro de imprensa das Olimpíadas de Sochi (construído) com 1,5 bilhão de rublos (mais de R$ 105 milhões)", escreveu o líder da oposição em seu perfil no Twitter.

'Não tem preço'

Entre outros blogueiros e comentaristas políticos, a foto gerou piadas, descrença e até associações com o recente debate sobre os direitos dos gays na Rússia.

"Duas privadas - 28 mil rublos (quase R$ 2 mil). Centro de imprensa olímpico - 1,5 bilhão de rublos. Constrangimento global - não tem preço", postou um blogueiro fazendo referência a uma propaganda de cartão de crédito.

Image caption Foto gerou piada, descrença e até associação com o debate sobre os direitos gays na Rússia

Outros fizeram piada relacionando o problema à polêmica lei assinada pelo presidente Vladimir Putin em junho deste ano. A legislação bane a divulgação de informações sobre "orientação sexual não-tradicional" para os menores de 18 anos, o que acaba definindo a homossexualidade como uma ameaça para crianças e para a família.

"É assim que eles entendem as necessidades da minorias sexuais", afirmou um tuíte.

Ao notar que também não há suportes para papel higiênico no cubículo, outro comentou: "Rasgue um pouco de papel antes de se sentar".

O Centro de Biatlo teve a construção concluída há cerca de dois anos, com investimentos da companhia estatal russa de fornecimento de gás Gazprom.

"O prédio é uma das maiores e mais confortáveis estruturas deste tipo no mundo", disse um representante da companhia à agência de notícias russa Interfax, quando as obras foram concluídas.

Duas privadas colocadas juntas sem uma separação pode ser algo incomum nas partes europeias da Rússia, mas não é algo totalmente desconhecido em outras regiões, segundo o blogueiro Nikita Likhachev, no site de notícias russo Tjournal.

Entre os exemplos mostrados pelo blogueiro estão banheiros parecidos em outras instalações esportivas e até em restaurantes.

Likhachev também postou uma foto de uma fileira de tábuas colocadas em um campo. Logo abaixo, ele colocou a legenda: "banheiro do Exército".

Notícias relacionadas