A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Torcedor fanático se veste de verde e amarelo há quase 20 anos

12 março 2014 Atualizado pela última vez 18:12 (Brasília) 21:12 GMT

Daqui a três meses, no dia 12 de junho, a seleção brasileira entrará em campo para enfrentar a Croácia na Arena Corinthians e iniciar a caminho rumo ao hexacampeonato. Enquanto a data não chega, o Brasil segue os preparativos para o Mundial - tanto como organizador do torneio, finalizando os estádios, quanto como competidor, fazendo os últimos ajustes no time.

Quem também está se preparando para a competição é um fanático torcedor da cidade de Campinas, interior de São Paulo. O advogado Nélson Paviotti chegou a mudar seus costumes diários por conta da seleção brasileira há 19 anos.

Nélson Paviotti há 20 anos veste apenas roupas com as cores da bandeira nacional

Em 1994, ele fez uma promessa: se a seleção fosse campeã do mundo nos Estados Unidos, ele só usaria roupas com as cores verde, amarelo, azul e branco.

O Brasil venceu aquela Copa nos pênaltis em cima da Itália e, desde então, Paviotti vem mantendo a promessa.

No começo ele sofreu com a reprovação de amigos e colegas de trabalho, mas diz que hoje só recebe incentivos e elogios.

Entusiasmado com os resultados, ampliou o patriotismo e as demonstrações de dedicação à seleção pintando sua casa, seu carro e seu escritório com as mesmas cores.

Ele também adotou uma dieta específica, na qual só entram os alimentos das cores nacionais.

Paviotti tem fé na vitória brasileira neste ano, mas diz que mesmo em caso de derrota nunca abandonará sua promessa.