Turquia abate avião militar da Síria

Cena de vídeo do ataque
Image caption Vídeo cuja veracidade não foi comprovada teria captado momento em que jato síro foi abatido pelos turcos

O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse que as Forças Armadas turcas abatarem um avião militar sírio que teria violado o espaço aéreo da Turquia.

Erdogan disse que a ação da Síria foi uma "resposta pesada" à altura do ocorrido.

Mas o governo da Síria disse que a Turquia cometeu uma "flagrante agressão" e acrescentou que a aeronave se encontrava em espaço aéreo sírio quando foi abatida.

O incidente teria ocorrido em uma área onde rebeldes sírios e forças do governo do presidente Bashar al Assad vêm travando combates.

De aliados a rivais

A Turquia e a Síria, que já foram aliados, compartilham uma fronteira de mais de 800 quilômetros.

Mas os dois países se tornaram rivais desde outubro de 2011, quando teve início a guerra civil na Síria, e o governo da Turquia passou a dar apoio aos rebeldes que lutam contra o regime Assad.

O correspondente da BBC em Istanbul, James Reynolds, afirma que apesar das profundas divergências entre os dois países, nenhum dos dois está interessado em travar uma guerra aberta ou em enveredar por um conflito direto e prolongado.

Em um discurso realizado durante um comício, o premiê da Turquia saudou a Força Aérea do país por ter interceptado o avião sírio.

"Um avião sírio violou nosso espaço aéreo. Nossos (caças) F16 decolaram e atingiram o avião. Por quê? Porque se você viola o nosso espaço aéreo, nosso golpe depois será duro", afirmou Erdogan.

Uma fonte militar síria, citada pela TV estatal turca, afirmou que as forças turcas abateram o jato sírio quando ele estava atacando rebeldes em território sírio.

Hostilidades

O grupo de direitos humanos com sede na Grã-Bretanha Observatório Sírio para os Direitos Humanos, disse que relatos iniciais indicam que o avião teria caído no lado sírio da fronteira.

Em setembro do ano passado, a Turquia disse ter abatido um helicóptero sírio na região da fronteira entre os dois países.

Na ocasião, o vice-premiê sírio disse que a aeronave foi abatida por caças turcos após ter violado o espaço aéreo da Turquia.

Em junho de 2012, um caça turco foi derrubado pela Síria perto do Mediterrâneo. Segundo a Síria a aeronave teria invadido seu espaço aéreo.

O conflito na Síria já matou mais de 100 mil pessoas desde que teve início, há mais de três anos. Centenas de milhares de pessoas deixaram a Síria e buscaram refúgio na Turquia.

A ONU estima que o conflito já deixou cerca de 6,5 milhões de pessoas desabrigadas.

Notícias relacionadas