A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Após gravarem versão de clipe, iranianos são presos por 'ferir castidade pública'

  • 21 maio 2014

Um grupo de jovens iranianos foi preso nesta terça-feira após gravarem um vídeo no qual aparecem dançando a música Happy, de Pharrell Williams.

Como muitos outros fãs do cantor ao redor do mundo, os iranianos fizeram sua própria versão do clipe.

Há relatos não confirmados de que os jovens teriam sido soltos nesta quarta-feira, sob fiança.

Segundo a polícia de Teerã, eles foram presos porque o vídeo era "ofensivo", "vulgar" e "e feria a castidade pública". Além disso, o chefe da polícia local disse que os jovens não estavam se comportando de acordo com o estabelecido pelas normas sociais do país, onde vigora um regime islâmico.

No Irã, a chamada "polícia moral" costuma impor a lei islâmica nas ruas do país, que obriga mulheres a cobrir os cabelos e usar roupas largas.

A prisão despertou uma campanha online para libertar o grupo, em que foi usada a hashtag #freehappyiranian. O cantor também protestou em seu Twitter: "É mais que triste ver esses garotos presos por tentar espalhar a felicidade", escreveu Williams.