'Demanda inédita' faz faltar moeda brasileira na Grã-Bretanha

  • 5 junho 2014
Getty Images Image copyright BBC World Service
Image caption Turistas britânicos temem chegar ao Brasil sem ter nenhum real para usar no comércio e hotéis

Dois dos maiores fornecedores de moedas estrangeiras na Grã-Bretanha informaram à BBC que estão sem moeda brasileira disponível, poucos dias antes do início da Copa do Mundo.

A casa de câmbio Travelex já não tem mais reais para vender nas agências dos aeroportos de Heathrow, em Londres, e de Manchester, depois de registrar um aumento de 1.000% na demanda.

"Sendo um dos poucos fornecedores de moeda estrangeira com estoque de real, observamos níveis inéditos de demanda. Como resultado, há uma escassez temporária em nossas lojas dos aeroportos de Heathrow e Manchester", disse Elvin Eldic, chefe de vendas para a Grã-Bretanha na Travelex.

"Estamos trabalhando muito para redistribuir os estoques em nossa rede e esperamos uma grande entrega de reais brasileiros nos próximos dias, a tempo para os torcedores viajarem para o Brasil para o jogo da Inglaterra contra a Itália", acrescentou.

Os Correios, que também vendem moedas estrangeiras em 11,5 mil agências em toda a Grã-Bretanha, informaram que até o final de semana não terão mais reais para vender.

"Os Correios estão tendo uma demanda sem precedentes pelo real nesta semana, com um aumento de 400% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado", disse Andrew Brown, do departamento de moedas estrangeiras da empresa.

"Isso resultou em uma falta temporária da moeda em nossas agências. Os estoques serão repostos até o final de semana para os torcedores que viajam para o Brasil para o primeiro jogo da Inglaterra (em 14 de junho)."

"Recomendamos que qualquer pessoa que viaje ao Brasil encomende moeda com antecedência em nossas 11,5 mil agências ou online", afirmou, recomendando também aos turistas que tragam dólares americanos, com o (duvidoso) aviso de que "eles são aceitos em todo o país".

Problemas em Recife

Bryan Alexander, que é de Birmingham, vem ao Brasil na próxima quinta-feira.

"Minha hospedagem em Recife tem que ser paga em reais, mas minha agência local dos Correios me disse que não há reais no estoque", disse.

"Os Correios estavam anunciando no website uma taxa especial para (compra de) reais, então esperei para comprar. Mas agora, quando procurei online, a opção para compra de reais não está lá. Agora estou preocupado, vou chegar no Brasil à noite, sem levar a moeda local", acrescentou.

"Isso parece incompetência de administração. Não há uma falta global de reais brasileiros, então por que não temos o bastante?", questionou Keith Pilbeam, professor de economia e finanças intenacionais na City University de Londres.

"Cabe às casas de câmbio estimar a demanda por uma moeda em particular e estocar de acordo", acrescentou.

Notícias relacionadas