Juan Manuel Santos é reeleito na Colômbia

Juan Manuel Santos (foto: Reuters) Direito de imagem Reuters
Image caption Reeleição de Juan Manuel Santos é vista como endosso a negociações com as Farc

Juan Manuel Santos foi reeleito presidente da Colômbia neste domingo no pleito mais apertado do país nos últimos anos.

Ele recebeu aproximadamente 51% dos votos vencendo seu adversário de direita Oscar Ivan Zuluaga, que teve 45% dos votos.

O pleito foi polarizado, onde o tema principal era a negociação do acordo de paz com a cúpula da guerrilha de esquerda Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

Segundo correspondentes, a vitória está sendo encarada no país como um endosso às negociações de paz conduzidas por Santos. Sua eleição representaria a continuidade do diálogo e a eventual extensão do processo ao Exército de Libertação Nacional (ELN), a segunda maior guerrilha do país.

Zuluaga disse inicialmente que acabaria com a negociação, mas na campanha afirmou que o processo continuaria se as Farc abandonassem todas as ações hostis. Seus críticos afirmaram que o posicionamento na prática levaria ao fim do diálogo.

O conflito armado colombiano já dura mais de 50 anos e durante este tempo causou mais de 220 mil mortes e levou milhões de pessoas a abandonar suas casas.

Discurso

Santos deve assumir o novo mandado de quarto anos em agosto.

Zuluaga, que havia vencido o primeiro turno em maio com uma pequena margem, aceitou a derrota em um discurso a partidários na sede de sua campanha.

Notícias relacionadas