Duelo de campeões na Amazônia marca sábado com quatro jogos

Treino da seleção inglsa (AP) Direito de imagem AP
Image caption Inglaterra (foto) e Itália reforçaram importância de vencer primeiro jogo para ganhar confiança

O primeiro sábado da Copa do Mundo tem um dos jogos mais esperados desta primeira fase do Mundial, com Inglaterra e Itália se encontrando em Manaus a partir das 19h, na abertura do Grupo D. Além disso, é o único dia de toda a programação com quatro jogos não simultâneos, ou seja, seis horas de futebol entre o início da tarde e o final do dia.

Na Amazônia, o confronto entre os campeões mundiais não chama só a atenção pela força das camisas dessas seleções, mas também pelo clima que chegou a ser criado entre as equipes da Europa que queriam evitar o forte calor amazonense.

"Essa história surgiu dois dias após o sorteio da Copa [reclamações contra o fato de jogar debaixo de muito calor]. Depois, eu vim aqui e tive conversas interessantes com as autoridades. Deixei claro que não houve problema algum", disse o técnico inglês Roy Hodgson.

Sobre o duelo, ambas as seleções têm reforçado a importância de vencer o primeiro jogo para ganhar confiança para a sequência do Mundial. Apesar de tradicionais e campeãs, Inglaterra e Itália eram consideradas, antes da Copa, menos credenciadas ao título que Brasil, Argentina, Espanha e Alemanha, por exemplo.

Belo Horizonte, 13h

O primeiro jogo da Copa do Mundo no Mineirão é entre Colômbia e Grécia, na abertura do Grupo C. Os colombianos, apesar de serem um dos cabeças de chave da Copa, chegam um pouco abalados por terem perdido, por lesão, o principal jogador, Falcao García.

"A Grécia costuma jogar de forma defensiva, buscando os contra-ataques. Justamente o oposto da Colômbia, que tem vocação ofensiva. Vai ser um jogo de boas alternativas", comentou o técnico da Colômbia, José Pékerman.

Fortaleza, 16h

A abertura do Grupo D, uma inédita chave com três campeões mundiais, tem Uruguai e Costa Rica jogando no Castelão, em Fortaleza, a partir das 16h. E os uruguaios não terão Suárez, ao menos desde o início.

O atacante, destaque do último Campeonato Inglês jogando pelo Liverpool, ainda se recupera de cirurgia no joelho e não tem condições ideais para atuar por todo o jogo. "Sem Suárez, mudam as nossas chances. É fato. Mas temos de seguir trabalhando", disse o treinador da Celeste, Óscar Tabárez.

Recife, 22h

No fechamento da primeira rodada do Grupo C, o único jogo da Copa no horário das 22h é entre Costa do Marfim e Japão. Para os africanos, começa mais uma chance de chegar à segunda fase de uma Copa, depois de pararem em grupos complicados nos torneios de 2006 e 2010.

Pelo lado japonês, o grupo considerável acessível enche de esperanças um elenco que espera voltar à segunda fase: o Japão foi até as oitavas de final por duas oportunidades, em 2002 e 2010.

Notícias relacionadas