soldados iraquianos abandonaram suas posições | BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Bases militares estão vazias após 'sumiço' de forças iraquianas

Image caption Soldados aparentemente abandonaram seus uniformes e fugiram

Tropas curdas ocupam parte do território iraquiano no norte do país depois que forças do governo abandonaram suas posições diante da ofensiva de militantes sunitas.

Em uma região próxima à fronteira com a Síria, militares curdos desfilam triunfantes em uma área antes disputada com soldados iraquianos.

Eles avançaram sem obstáculos. Nenhum tiro foi disparado.

Durante anos, curdos e forças do governo iraquiano conviveram em clima de tensão, cada centímetro de terra vigiado com cuidado.

Mas, de repente, o Exército iraquiano, ao que parece, desapareceu.

Um oficial curdo diz que ao menos 20 posições foram abandonadas apenas em uma região. E outras centenas no noroeste, leste e centro do país.

Em uma das bases antes ocupadas pelo Exército, é possível ver os traços do misterioso sumiço dos soldados diante de militantes sunitas. Não houve confronto. Eles simplesmente abandonaram seus uniformes e fugiram.

Durante décadas, os curdos se rebelaram contra Bagdá a partir de bastiões encravados nas montanhas.

Hoje, eles estão mais próximos do que nunca da independência e da formação de um Estado independente.

Mas o perigo ainda está por perto. Ao longo de suas fronteiras, eles correm o mesmo risco dos iraquianos e podem a qualquer momento ter de enfrentar os militantes jihadistas.