Após derrotas, clima de decisão marca Uruguai x Inglaterra

Gerrard, Rooney e Hodgson em treino em São Paulo Direito de imagem Federacao Inglesa
Image caption Na véspera, seleção inglesa comemorou o clima: nada do calor de Manaus

Uruguai e Inglaterra se enfrentam na Arena Corinthians, em São Paulo, no grande encontro desta quinta-feira, oitavo dia de Copa do Mundo. A bola rola a partir das 16h.

O duelo entre campeões mundiais acontece como nenhum deles gostaria: ambos foram derrotados na primeira rodada do Grupo D. Enquanto o Uruguai caiu para a Costa Rica, a Inglaterra perdeu da Itália.

Quem sair derrotado, portanto, fica em situação bem complicada no torneio. Ainda assim, ninguém pode deixar o campo eliminado, já que o complemento da rodada acontece só na sexta, com costarriquenhos e italianos atuando em Recife.

Depois de jogar no calor de Manaus, a primeira boa notícia para os ingleses é a temperatura mais amena em São Paulo. "Se o jogo acontecer com esse clima, nós não vamos reclamar, o Uruguai também não. Só pode ser vantajoso para os dois lados", comentou o técnico Roy Hodgson na véspera, quando São Paulo viveu uma tarde na casa dos 17 graus.

"Não é uma final de Copa, mas vamos tratar como se fosse. Estamos muito confiantes que podemos conseguir os pontos", completou.

Direito de imagem Getty
Image caption Suárez, no banco contra a Costa Rica, tem a esperança de jogar contra a Inglaterra

Pelo lado uruguaio, problemas. O time não terá o expulso Maxi Pereira (Alvaro Pereira deve entrar) nem o machucado Diego Lugano (Giménez é o mais cotado para jogar).

Por outro lado, o atacante Luis Suárez pode atuar, ainda que não tenha sido confirmado pelo técnico Óscar Tabárez.

"Já treinou com bola, mas sabemos que um jogo exibe muito mais que um treino. Se ele estiver em condições, entrará em campo", disse o treinador, que admite a dificuldade na sequência da competição depois de começar com derrota.

"A situação é difícil, nós sabemos, mas há uma possibilidade. Esse grupo já provou que, quando é desafiado, responde à altura de nossas tradições."

As seleções se encontraram duas vezes em Copas do Mundo. Em 1954, a então campeã mundial seleção uruguaia fez 4 a 2 sobre os ingleses jogando em Basileia, na Suíça, em jogo válido pelas oitavas de final. Em 1966, eles fizeram a abertura da Copa em Londres, e o jogo terminou em empate sem gols.

Brasília, 13h

Colômbia e Costa do Marfim abriram o Grupo C com vitória e agora disputam a liderança às 13h desta quinta-feira, em Brasília. Quem vencer - principalmente os sul-americanos, pelo bom saldo de gols que têm - praticamente se classifica, podendo confirmar a vaga antecipada à noite, no fechamento da chave.

Os colombianos, que estrearam com boa vitória por 3 a 0 sobre a Grécia, devem novamente contar com o apoio da torcida que fez a festa em Belo Horizonte.

Já a Costa do Marfim ainda não deixa claro se Drogba será titular do time. Depois de começar no banco na estreia contra o Japão, ele jogou cerca de 30 minutos e esteve em campo no momento em que a equipe marcou os gols da virada por 2 a 1.

Natal, 19h

Fechando o dia e a segunda rodada do Grupo C, Japão e Grécia se enfrentam em Natal, às 19h, buscando a reação após iniciarem com derrota.

Como o jogo acontece horas depois de Colômbia x Costa do Marfim, um derrotado pode até dar adeus à Copa dependendo da combinação dos resultados.

Notícias relacionadas