Seis curiosidades sobre Camarões, último adversário do Brasil na 1ª fase

Torcedores camaronenses (BBC)
Image caption Fãs de Brasil e Camarões assistem a jogo da Copa em São Paulo: seleções se enfrentam em Brasília

O Brasil enfrenta a seleção de Camarões nesta segunda-feira em sua última partida na primeira fase da Copa do Mundo.

Apesar de ser uma das mais tradicionais seleções africanas e participar de sua sétima Copa, Camarões já está eliminado após perder seus dois primeiros jogos no Mundial.

Conheça um pouco sobre o país do oeste da África, de cerca de 21 milhões de habitantes.

De onde vem o nome?

O nome Camarões surgiu de navegadores portugueses, que chegaram à região no século 15.

Impressionados pela quantidade de camarões no rio Wouri, eles nomearam-o de Rio dos Camarões, palavra que, depois, daria nome ao próprio país.

Que língua?

Os idiomas oficiais são o inglês e o francês. Além disso, o alemão e o espanhol também são falados por partes da população.

Acredita-se haver cerca de 250 línguas locais, representando diferentes grupos étnicos.

O norte é de maioria muçulmana, enquanto cristãos - católicos e protestantes - dominam o sul.

30 anos no poder

Image caption Biya é presidente de Camarões desde 1982

O presidente, Paul Biya, está no poder desde 1982 e, em 2011, foi eleito para um novo mandato de sete anos em meio a diversas acusações de fraudes e irregularidades.

Corrupção está espalhada por todos os níveis de governo - em 1998, um relatório da Transparência Internacional classificou o país onde a percepção de corrupção é a maior do mundo.

No relatório de 2013, o país apareceu na posição 144 entre 177 países - quanto mais baixa a posição, maior a percepção de corrupção.

País jovem

O Camarões é um país jovem, com média de idade de 18,3 anos, segundo estimativas.

Cerca de 43% da população tem até 14 anos, 20% tem entre 15 e 24 anos e 30% tem entre 25 e 54 anos.

Apenas 4% tem entre 55 e 64 anos e 3% acima dessa idade.

Rico, mas pobre

O país é rico em recursos naturais, incluindo petróleo, gás e minerais.

Cerca de 70% da população depende em agricultura (de café, cacau, algodão, banana e outros produtos) e pecuária para sobrevivência.

O nível de pobreza é de cerca de 40% da população, segundo o Banco Mundial.

Os mais pobres se concentram nas províncias no extremo norte do país.

A bandeira

Adotada em 1975, a bandeira tricolor tem uma estrela de cinco pontas no centro, chamada de "Estrela da Unidade".

O verde significa esperança e representa as florestas do sul. O vermelho é símbolo de unidade, e o amarelo representa a luz do sol e prosperidade.

Fontes: BBC, Banco Mundial, CIA World Factbook, Embaixada de Camarões na Espanha e na Holanda

Notícias relacionadas