Para superar trauma, moradores de Fukushima fazem versão de 'Happy'

  • 23 junho 2014
  • comentários
Reprodução - YouTube (BBC) Direito de imagem YouTube
Image caption Produtora quis mostrar que, apesar do acidente nuclear, moradores de Fukushima levam 'vida normal e feliz'

Ao som da música "Happy", do cantor americano Pharrel Williams, moradores da província de Fukushima dançam felizes em um vídeo independente, que ganhou a atenção da mídia japonesa e do público.

"Apesar do acidente nuclear, nós levamos uma vida normal e feliz", disse à BBC Brasil a produtora Hitomi Kumasaka, 53. "Nosso objetivo é mostrar ao mundo que a crise nuclear não nos desanimou e, pelo contrário, continuamos nossa vida muito felizes".

Lançado há pouco mais de duas semanas no YouTube, o vídeo (http://bbc.in/1nxaIGJ) já recebeu mais de 320 mil visitas.

Fukushima é a província onde está localizada a usina nuclear que sofreu um colapso logo após o terremoto seguido de tsunami que devastou a costa nordeste do Japão em março de 2011.

Com problemas de contenção da água contaminada, a planta nuclear continua sendo um grande problema para o governo japonês e é constantemente lembrada pela mídia estrangeira.

"Nossa província ficou conhecida no mundo todo, mas de forma negativa", lamentou Hitomi.

Por isto, não foi difícil convencer os cerca de 200 moradores a participar do vídeo, conta a produtora. "Queremos tirar essa imagem ruim", reforçou.

Paródias e versões

A música de Pharrel Williams foi lançada este ano e faz parte da trilha sonora do filme Meu Malvado Favorito 2.

Virou fenômeno na internet depois que começou a ganhar diversas versões e paródias ao redor do mundo.

Direito de imagem YouTube
Image caption Produtora do vídeo disse que, apesar de acidente nuclear, moradores levam "vida normal e feliz"

No Brasil, há várias produções, algumas bem-humoradas e que mostram os problemas enfrentados pelos brasileiros no dia a dia.

A versão japonesa começa com a chegada de um trem-bala à cidade de Fukushima e, na sequência, apresenta o chefe da estação local, Yasunori Kano.

Durante duas semanas, Hitomi e sua equipe filmaram em diversos pontos turísticos da província.

A maioria do elenco é formada por pessoas comuns, como agricultores, monges budistas, estudantes, donas-de-casa e assalariados. Mas conta também com a participação de personalidades locais famosas, incluindo o prefeito da cidade, Kaoru Kobayashi.