Goleada da Alemanha quebra recordes e gera comoção global nas redes

  • 9 julho 2014
Image caption A partida entre Brasil e Alemanha quebrou recordes no Twitter

A vitória de 7 x 1 da Alemanha sobre o Brasil na semifinal da Copa do Mundo na terça-feira foi um evento de magnitude sem precedentes nas mídias sociais, quebrando recordes no Twitter e gerando comentários de fãs de futebol por todas as partes do globo.

Com 35.6 milhões de tuítes, o jogo foi o evento esportivo mais discutido no Twitter até hoje, e o gol de Khedira, o quinto da Alemanha, aos 29 minutos do primeiro tempo, quebrou o recorde de tuítes por minuto (TPM), com 580,166 TPM.

A derrota do Brasil também provocou 200 milhões de interações no Facebook, que vieram de 66 milhões de pessoas.

Cerca de um quarto dessas interações vieram do Brasil, com 16 milhões de pessoas fazendo 52 milhões de comentários sobre a derrota da seleção brasileira.

Até então, o recorde no Twitter para um evento esportivo era de um outro jogo desta Copa do Mundo: a disputa entre Chile e Brasil, que gerou 389 mil tuítes por minuto.

"Essa Copa do Mundo é o maior evento em mídia social da história, gerando bilhões de interações no Twitter e no Facebook", disse o editor de mídia social do Serviço Mundial da BBC, David Cuen.

Image caption Mapa mostra os assuntos mais comentados do Twitter

"E faz sentido, afinal, é o Brasil, um dos países do mundo mais presentes nas mídias sociais, produzindo um dos maiores eventos em mídia social do planeta," acrescentou Cuen.

Além de condenar duramente o desempenho de sua seleção, muitos brasileiros usaram o Twitter para refletir sobre a situação e reafirmar o amor pelo seu país.

A hashtag #WeStillProudOfYouBrazil (Ainda temos orgulho de você, Brasil) foi um dos "trending topics" no Twitter, com mais de 37 mil menções.

Ozagueiro David Luiz, um dos mais populares da seleção durante o Mundial, ainda parece contar com o apoio incondicional dos brasileiros. A hashtag #DavidOBrasilTeAma foi a mais citada no Brasil, com mais de 175 mil tuítes.

E torcedores do mundo inteiro comentaram a derrota brasileira nos sites de redes sociais. Veja abaixo uma amostra dos comentários:

Moçambique

Mukilina Soares: "A derrota do Brasil ontem foi pesada. Foi difícil de aceitar pelos adeptos e fãs do Brasil e do futebol brasileiro, mas foi mais duro ainda para os jogadores e equipa técnica, que devem estar ainda a sofrer com a goleada. Não é fácil estar a jogar em casa e ser derrotado daquela forma."

"Não é fácil sentir que desfizeste o sonho de milhões, o sonho dos teus amigos, dos teus familiares e o teu sonho. Não é nada fácil sentir que os adeptos que cantaram o hino com toda a emoção, energia, orgulho, a dado momento do jogo começaram a apoiar a equipa contrária, porque simplesmente não tinham mais esperanças e, apesar de tudo, continuavam ali, firmes, a ver a seleção do seu país a ser humilhada de forma grosseira. Hoje, com certeza haverá mais lágrimas...." (via Facebook)

Bangladesh

Moyna Pakhi: "Nós perdemos hoje. E daí? Eu continuo fã do Brasil. Nos veremos em 2018".

Ferdaus Ahmed Faisal: "Não consegui assistir ao jogo depois de 30 minutos. Eu esperava um futebol melhor. Eu não consegui assistir o jogo, tudo o que eu via eram brasileiros chorando na televisão".

Angola

Ana Margoso: "Nunca fui fã do Brasil (futebol), mas sempre reconheci e até vibrei com eles quando davam show e reconheci sempre que era ou é um viveiro de bons jogadores."

"Mas a verdade é que o futebol hoje já não é a mesma coisa de há uns 20 anos. Hoje o futebol é ciência, é uma máquina de fazer milhões, e quase todos os países, com raras exceções, investem nessa indústria, e cada vez mais vão surgindo craques de vários pontos do globo... Houve tempos em que os principais craques a jogar no futebol europeu eram brasileiros, hoje estão lá, mas não são os mais visíveis. Para mim o Brasil precisa repensar o seu futuro e trabalhar a sério se quer continuar entre as grandes seleções mundiais". (via Facebook)

Rússia

Sergey Shipunov: "O Brasil não tem um time, apenas um grupo de bons jogadores individuais. Enquanto os jogadores alemães jogam em equipe". (via Facebook)

Ucrânia

Mikhail Kesarey: "Eu sempre soube que a Alemanha ganharia, visto a performance dos dois times durante a Copa do Mundo. Mas eu nunca poderia imaginar que a Alemanha eliminaria o Brasil com um resultado tão indecente... Os alemães deram um banho de água fria nos brasileiros, fazendo com que sua defesa desmoronasse". (via Facebook)

Nigéria

Kobe Ans: "Demorou, mas chegou. Quando o último grande time do Brasil (Ronaldo, Rivaldo, Ronaldo, Wagner Love, etc.) perdeu para Zidane e os franceses o Brasil nunca foi o mesmo". (via Facebook)

Inglaterra

Raymond Blanc (‏@raymond_blanc): "Meus sentimentos ao Brasil, à toda a nação brasileira. Que humilhação. Tão triste. A Alemanha apresentou um ótimo futebol". (via Twitter)

Notícias relacionadas