Mortos por terremoto na China chegam a 175

Direito de imagem Reuters
Image caption Casas derrubadas no condado de Ludian, onde impacto foi sentido com mais força

Um terremoto de magnitude 6,1 matou pelo menos 175 pessoas e deixou outras mil feridas neste domingo no sudoeste da China.

Segundo Centro Sismológico dos EUA, o impacto ocorreu às 16h30 locais (5h30 em Brasília). A estatal de TV chinesa CCTV divulgou imagens do momento exato do impacto.

O tremor atingiu principalmente o condado de Ludian, uma região montanhosa na província de Yunnan onde vivem quase 300 mil pessoas. As províncias vizinhas, de Guizhou e Sichuan, também sentiram os efeitos.

A TV chinesa mostrou imagens de prédios derrubados – um deles, uma escola. Segundo as autoridades, as comunicações com o local foram seriamente afetadas.

O governo respondeu enviando 2 mil barracas, 3 mil macas, 3 mil cobertores e 3 mil casacos para a zona do desastre.

O sudoeste da China está localizado em uma área susceptível a terremotos. Em 2008, um tremor em Sichuan matou quase 70 mil pessoas.

Direito de imagem Reuters
Image caption Terremoto derrubou prédios, incluindo pelo menos uma escola