Sumiço de 400 anões de jardim esquenta eleição na Áustria

  • 26 agosto 2014
Foto: Partido Social Democrata da Áustria Image copyright Partido Social Democrata SPOE Vorarlberg
Image caption Ao usar os anões na campanha, os sociais democratas romperam com a tradição dos cartazes na Áustria

O desaparecimento de 400 anões de jardim está causando polêmica na política da Áustria.

Os anões, que no país são conhecidos como Coolmen, estavam sendo usados como material de campanha do Partido Social Democrata, de esquerda, nas eleições na província de Vorarlberg, marcadas para 21 de setembro.

À BBC, um porta-voz do partido, Reinhold Einwallner, levantou suspeitas sobre correligionários do partido adversário, o Partido do Povo, ou OeVP, de orientação conservadora.

Einwaller afirmou que os 400 anões estavam sendo expostos em postes de iluminação nas cidades de Rankweil e Bregenz. Eles desapareceram na noite de sábado.

"Um detalhe interessante é que agora os cartazes de campanha do OeVP estão pendurados na mesma altura (dos anões) nestes postes", disse.

Levando os anões para casa

Image copyright Partido Social Democrata SPOE Vorarlberg
Image caption O partido agora investiga o que suspeita ser um 'sequestro em massa' de anões de jardim

Einwaller disse que o partido ficaria satisfeito se os seus eleitores estivessem levando os anões para seus jardins.

Mas disse que a sigla não pode simplesmente silenciar quando material de campanha no valor de 3 mil euros (cerca de R$ 9 mil) simplesmente desaparece. Para ele, o fato é um "grande escândalo".

O Partido Social Democrata registrou queixa na polícia e está oferecendo recompensa de mil euros (cerca de R$ 3 mil) para quem puder dar informações sobre o paradeiro dos anões.

Ao usar as estátuas em sua campanha eleitoral, o Partido Social Democrata rompeu com uma tradição política na Áustria. Tradicionalmente, os partidos austríacos usam apenas cartazes como material de campanha.

Apesar do sumiço, o Partido Social Democrata disse que vai continuar com este novo artifício de campanha: já encomendou 20 mil deles, disse o partido. O plano é espalhar os anões nas próximas semanas de campanha.

Notícias relacionadas