Plebiscito: Grupos rivais entram em confronto na Escócia

Grupos entram em confronto em George Square / Crédito: Reuters Direito de imagem Reuters
Image caption Grupos pró-Reino Unido entram em confronto com os rivais pró-independência

O plebiscito que decidiu pela permanência da Escócia no Reino Unido terminou nesta manhã, mas o país ainda respira os resquícios da votação histórica. Grupos rivais entraram em confronto nesta tarde em Glasgow – a polícia teve que intervir e pelo menos três pessoas foram presas.

A confusão começou quando os partidários da permanência no Reio Unido lançaram sinalizadores na principal praça da cidade, a George Square. O local foi onde o partido pró-independência se concentrou durante a votação do plebiscito na última quinta-feira.

Segundo o correspondente da BBC, Cameron Buttle, que estava na praça no momento da confusão, o confronto começou de repente com foguetes sendo disparados pelo lado dos favoráveis ao Reino Unido, enquanto eles cantavam "Rule Britannia".

Alguns carregavam banners com imagens pró-Reino Unido.

Uma porta-voz da polícia disse Escócia disse que havia cerca de 100 pessoas em cada um dos dois grupos, e explicou que "embora tenha havido um pequeno transtor", ele já estava contido pelos policiais.

A porta-voz ainda disse que a polícia escocesa irá investigar a ação dos rivais e outras prisões poderão ser feitas no futuro.

Fim da confusão

Já apareceram relatos nas redes sociais dizendo que uma pessoa pró-independência teria sido esfaqueada na George Square, mas a polícia afirmou que não registrou nenhuma ocorrência desse tipo.

Direito de imagem Reuters
Image caption Polícia diz que houve 'pequeno tumulto' controlado pelos oficiais no início da noite
Direito de imagem Reuters
Image caption Confronto aconteceu na George Square; três pessoas foram presas

Por causa da confusão, a praça precisou ficar fechada para carros e o trânsito ficou complicado na região.

Depois do incidente, um grupo pró-Reino Unido passou a se espalhar pela área e a marchar para outros lugares na região cantando o a música patriota britânica.

Alguns deles chegaram a voltar ao quarteirão da George Square, onde seguiram cantando e soltaram novos sinalizadores. Os policiais acompanharam tudo de perto para evitar novos problemas. Perto de 21h (17h no horário de Brasília), os grupos se dispersaram de vez.

Notícias relacionadas