Escócia investiga suspeitas de fraude em plebiscito

Crédito: Getty Direito de imagem Getty
Image caption São, ao todo, dez casos, todos relacionados ao crime de falsa identidade

Autoridades da Escócia responsáveis pela contagem dos votos do plebiscito de independência estão investigando suspeitas de fraude eleitoral durante a votação.

São, ao todo, dez casos, todos relacionados ao crime de falsa identidade, quando as pessoas fingem ser outras para votar, antes de o eleitor verdadeiro aparecer.

Os episódios de fraude envolvem diferentes seções eleitorais do país.

Segundo as autoridades, a polícia acompanha de perto os casos.

Cada cédula de papel usada no plebiscito desta quinta-feira possui um número individual único. Os responsáveis pela contagem dizem que vão tentar buscar nas urnas as cédulas repetidas, que serão então removidas.

Colin Edgar, diretor de comunicação do órgão de contagem de Glasgow, afirmou que a busca pelas dez cédulas suspeitas "não vai atrasar a análise dos votos".

Notícias relacionadas