Na véspera da eleição, pesquisas sugerem avanço de Aécio sobre Marina

Direito de imagem AP
Image caption Ibope e do Datafolha apontam Aécio Neves numericamente à frente de Marina Silva

Um dia antes da eleição presidencial, pesquisas do Ibope e do Datafolha sugerem o candidato do PSDB, Aécio Neves, numericamente à frente de Marina Silva (PSB) na disputa pelo segundo lugar.

Segundo o Ibope, a presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) aparece com 46% das intenções de voto, contando os votos válidos (excluídos brancos e nulos). Aécio tem 27%, e Marina tem 24%.

Pela primeira vez, Aécio aparece numericamente em vantagem sobre Marina desde a ascensão da candidata do PSB após a morte de Eduardo Campos. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistados 3.010 eleitores entre 2 e 4 de outubro.

Segundo o Datafolha, Dilma tem 44% das intenções de voto, seguida por Aécio (26%) e Marina (24%).

Como a margem de erro também é de dois pontos percentuais, Aécio e Marina estão tecnicamente empatados, mas o Datafolha aponta o tucano em trajetória de ascensão. Foram ouvidas pouco mais de 18 mil pessoas.

Na pesquisa de eventual segundo turno do Ibope, Dilma venceria os dois adversários por 45% a 37%.

No cenário do Datafolha, Dilma venceria Aécio por 53% a 47% dos votos válidos e Marina por 55% a 47%.

Último dia

Os candidatos fizeram neste sábado seu último dia de campanha do primeiro turno.

Dilma Rousseff esteve em Belo Horizonte, em carreata ao lado do candidato petista ao governo mineiro, Fernando Pimentel.

Aécio Neves também passou o último dia em Minas Gerais, em campanha em municípios da região metropolitana de Belo Horizonte.

E Marina Silva fez corpo a corpo com eleitores em São Miguel Paulista, extremo leste de São Paulo.