EUA confirmam mais um caso de ebola no Texas

Credito: AP Direito de imagem AP
Image caption EUA já tiveram dois casos de transmissão da doença no país

Autoridades americanas anunciaram nesta quarta-feira que testes confirmaram um segundo caso de infecção pelo vírus do ebola no Estado do Texas.

Uma enfermeira de 26 anos já vinha recebendo tratamento após ser infectada ao cuidar de um liberiano que morreu pela doença na semana passada.

A identidade do segundo profissional de saúde não foi divulgada. Sabe-se apenas que ele também cuidou do paciente liberiano.

O novo infectado foi imediatamente isolado após começar a ter febre, na terça-feira, segundo um comunicado do Departamento de Saúde do Texas.

As autoridades locais afirmaram que estão monitorando 48 pessoas que tiveram contato com o liberiano e com os profissionais de saúde que cuidaram dele.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 4.500 pessoas já morreram em consequência da epidemia de ebola, em sua grande maioria em três países da África Ocidental - Libéria, Guiné e Serra Leoa.

A enfermeira Nina Pham havia sido exposta ao ebola em um hospital de Dallas ao tratar do liberiano Thomas Duncan, a primeira pessoa diagnosticada com o vírus em solo americano.

Médicos do hospital Health Presbyterian, onde ela está internada, afirmaram na terça-feira que ela está em boas condições de saúde.

Leia mais: Examinar passageiros de avião para evitar ebola é inútil, diz especialista

Notícias relacionadas